Fitness

Abacate e ricino são boas opções para músculos, pele e cabelo

Saiba como utilizar o abacate e o óleo de ricino no dia a dia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
efit
É Fit! Estilo de vida O abacate e ricino juntos são ótimas opções para a saúde e estética. Ajudam a clarear manchas na pele, combater a acne, envelhecimento precoce e muito mais. Mas primeiro vamos falar deles separadamente. O fruto, por exemplo, é muito acessível no inverno pelo preço e contém nutrientes. É excelente para evitar estrias e celulites e para aqueles que praticam a musculação, elas são ricas em proteínas, aminoácidos, como a glutamina, e proporciona energia durante o treino. Vale a pena ressaltar o seu poder de combater a fadiga muscular, pois age diretamente na inibição dos radicais livres que envelhecem o tecido muscular e provocam a fadiga. Então você que está focado na boa forma e preparar a pele para o efeito sanfona, anote essa dica.
Os benefícios dessa fruta são inúmeros, principalmente por aumentar o colesterol bom e todas as suas partes possuem benefícios. Rica em mais de 20 nutrientes, entre vitaminas e minerais como potássio, fibras e vitaminas como a E, C, K e B6 e magnésio, a fruta é uma reconhecida opção para quem quer manter uma dieta saudável. São ricos em Omega 3 e propriedades que ajudam a absorver os antioxidantes, – mais um ponto para o fruta uma vez que é mais uma opção para combater o envelhecimento da pele e prevenir diversos tipos de câncer.

Vamos falar sobre as suas partes. A casca, por exemplo, pode ser usada para esfoliar o corpo, inclusive o rosto e o couro cabeludo o que vai hidratar a pele, melhorar a circulação e favorecer a produção de colágeno.

Nos cabelos ele ajudará a recuperar o brilho e a força dos fios. A sua poupa amassada com um garfo e aplicada como máscara nutritiva poderá recuperar suas madeixas e fazê-las crescer mais rápido e sem quebras. A semente quando passada no corpo libera um óleo poderoso que vai hidratar sua pele, doando um ar de pele luminosa, aveludada, estimulando a produção de colágeno, evitando a estria, a celulite e combatendo o envelhecimento da região.

A fruta também é recomendada para as grávidas por conta da necessidade do consumo de ácido fólico. Além disso ela é benéfica também para os dentes, para a visão e cérebro. Consulte seu médico, seu nutricionista e explore todas as vantagens dessa fruta.Óleo de ricino
Ele é extraído da mamoma, característico do cerrado brasileiro. É um santo remédio para dores musculares e prisão de ventre. Um consolo para quem se mata na academia, mas continua com a barriga estufada por conta de problemas intestinais. Então, uma colher de chá do óleo de ricino, se consumido em jejum, de três em três dias, tem efeito laxante. Mas atenção, seu consumo não pode ser contínuo, muito menos por períodos longos pois pode ter efeitos nocivos ao organismo. Quanto as dores musculares ele pode ser usado para massagear o local dolorido deixando agir por 45 minutos. Só aqueça a região com algo quente (pano, uma garrafa aquecida) ou simplesmente envolva a região com papel filme.
Para os mais vaidosos, o óleo é um grande aliado para combater a queda e a fragilidade dos cabelos. Sua aplicação contínua no couro cabeludo, massageando-o e deixando agir por cerca de 20 minutos com touca ou plástico filme envolvendo a cabeça pode ter resultados bastante animadores. Faça isso de 1 a 2 vezes por semana.O óleo também combate acnes e outras inflamações no rosto e na pele. No rosto coloque uma toalha aquecida por 3 minutos antes de ir para a cama. Tire a tolha e massageie com o óleo de mamona e retire em seguida com água morna em abundância. Para as pessoas que têm a pele oleosa, a recomendação é fazer o tratamento no máximo uma vez por semana.Então, que tal consumir produtos que servem tanto para dentro do corpo, como para fora?! Anote a dica.