Fitness

Aula de dança: veja como se preparar para o verão 2020 e perder peso

'A dança pode trabalhar a maioria dos músculos do corpo', explicou o profissional de educação física Dante Ouvires

Lívia Oliveira (livia.oliveira@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Precisa fazer atividade física, mas não quer nada muito "intenso"? A aula de dança pode ser uma opção pois,  independente da modalidade, essa prática traz vários benefícios à saúde. De acordo com Dante Ouvires, profissional de educação física e coordenador da academia Complexo H23, a dança em geral é um exercício dinâmico e prazeroso indicado para todas as idades.

"A depender do estilo, a dança pode trabalhar a maioria dos músculos do corpo. Costas, ombros, braços e abdômen, tendo maior ênfase nos grupamentos de membros interior (glúteos, quadríceps, bíceps femurais e panturrilhas)", pontuou Dante Ouvires.

Marlon Di Mari após aula de 'Axé das Antigas' (Foto: divulgação / Complexo H23)

O especialista explicou que o ideal é que a aula tenha duração média de 40 minutos, a depender da modalidade. Em atividades leves ou moderadas, 150 minutos semanais. Já modalidades de dança de maior intensidade é indicado 75 minutos por semana para alcançar a evolução.

Para te incentivar a inserir as aulas de dança em sua rotina, Dante Ouvires listou alguns benefícios dessa atividade para o corpo em nível fisiológico, estrutural, terapêutico e social.

Confira:

1- Melhora o condicionamento cardiorrespiratório;
2- Favorece o fortalecimento muscular;
3- Promove a diminuição dos hormônios do estresse (Adrenalina e Cortisol);
4- Melhora de memória e atenção;
5- Melhora a qualidade do sono;
6- Melhora o humor;
7- Promove flexibilidade;
8- Ajuda na queima calorias;
9- Auxilia na integração social.

O profissional de educação física garantiu que esses benefícios se aplicam a todas as modalidades de dança. "A queima calórica, a integração social, a melhora de humor e da autoestima são perceptíveis de imediato, mas os benefícios fisiológicos e estruturais (condicionamento cardiorrespiratório e fortalecimento muscular) só são vistos após 10 aulas".

Dante Ouvires também contou que as aulas de dança podem ser aliadas para quem visa o emagrecimento, pois a depender da modalidade é possível perder em média de 350 a 800 calorias por aula.

Recentemente, a academia Complexo H23 lançou uma nova modalidade de dança, o 'Axé das Antigas'. A aula visa resgatar as antigas coreografias de hits da música baiana de form lúdica.

O professor Marlon Di Mari se fantasia de reis e rainhas da Axé Music para ministrar as aulas, que tem duração de 50 minutos.

Marlon Di Mari após aula de 'Axé das Antigas' (Foto: divulgação / Complexo H23)
"Na aula, eu coloco até cinco músicas do artista escolhido para ser homenageado com o objetivo de trabalhar entretenimento, interação, qualidade de vida e reforçar a importância desses artistas para a história da música", disse Marlon Di Mari.

O professor de dança disse que as aulas são inclusivas e contam com pessoas de todas as idades. "Tem alunas que trazem a mãe e até a avó para a aula. Há participantes na faixa dos 70 anos".

Marlon Di Mari também garantiu que as aulas são uma oportunidade de se preparar para o verão e o Carnaval 2020. "As coreografias misturam swing baiano e o ritmo dos artistas escolhidos. Além disso, as músicas escolhidas são grandes sucessos do axé - Luiz Caldas, Daniela Mercury, Margareth Menezes, Chiclete com Banana, Olodum, entre outros -, que os artistas sempre colocam no repertório das apresentações".