Fitness

Casal faz acordo e perde 66kg juntos em três anos

Dupla compartilhou resultados nas redes sociais

Agência O Globo
A esteticista Lucilene Johann, de 30 anos, e o marido dela, Cristian Della Vechia, de 27 anos, mudaram radicalmente os hábitos de vida e perderam, juntos, 66 quilos, nos últimos três anos. Ela perdeu 30 e ele, 36 kg. A reviravolta do casal começou em 2014. Uma amiga de Lucilene a convidou para fazer aulas de muay thai para fechar turma e ajudar a trazer mais alunos. Nas primeiras aulas, a instrutora sugeriu que as alunas tirassem fotos do 'antes e depois' para acompanharem os resultados. Lucilene, então, chegou em casa e pediu para que o marido fizesse o registro. Ao ver a fotografia, a ficha caiu. Era hora de cuidar da saúde.
- Na minha cabeça eu não estava gorda. Só queria ajudar minha amiga a divulgar as aulas. Minha intenção era essa. Ela que sugeriu que eu fizesse foto para fazer um comparativo. Foi aí que caiu minha ficha. Eu pensei 'Eu estou com 27 anos, sem filhos, e tô gorda assim? Não dá!'. Eu tinha muita celulite e pesava 89 quilos, com um IMC (índice de massa corporal) que já apontava obesidade grau 1 - disse.

Segundo Lucilene, pelo IMC, ela deveria pesar 60kg. A rotina de enlatados, comidas prontas e pedidos delivery contribuíram para a dupla brigar com a balança. - Meu marido era gordinho e eu fui no embalo das comilanças dele, né? - disse rindo - A gente pedia tudo em casa e, quando fazíamos, era comia gordurosa, tipo peixe frito. Nem saíamos para comer. Era tudo em casa mesmo. Ele sempre malhou, mas quando eu decidi mudar de vida, ele entrou junto na dieta. Foi um acordo entre nós dois. Então, passei a cozinhar nosso cardápio. Hoje, meu marido ganhou uma esposa nova e eu um marido novo - disse rindo.
Ainda em 2014, Lucilene decidiu fazer aulas de aeróbicos para complementar o muay thai. Em um mês, cinco quilos já tinham ido embora.
- Procurei uma academia e comecei a fazer aeróbicos para queimar a gordura mesmo. Fazia muay thai duas vezes por semana e academia três vezes. Mudei todos os alimentos, passei a comer mais verduras, legumes e frutas, coisas que não fazia antes. Cerca de dois meses depois, percebi que era a hora de procurar uma nutricionista para ter uma refeição mais saudável. O Cristian foi comigo para poder ter um cardápio voltado para as necessidades dele também. Coloquei na minha cabeça que eu como pelo nutriente e não pelo sabor - contou.