Fitness

Chegou a hora de emagrecer: veja seis dietas que vão te ajudar a perder peso

Você precisa consultar um nutricionista para alinhar o plano com suas individualidades

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Quer emagrecer? Você já deve ter ouvido falar que mudar a alimentação e praticar atividade física são os primeiros passos para alcançar esse objetivo. Como existe uma infinidade de dietas, o iBahia preparou uma lista com seis  opções para você avaliar. Não esqueça que antes de adotar qualquer método de emagrecimento você precisa consultar um nutricionista para alinhar o plano com suas individualidades.

Foto: reprodução
1- Dieta Cetogênica: o método consiste em reduzir drasticamente a quantidade de carboidratos do cardápio diário. De acordo com os nutricionistas Tâmara Ferreira e Acauã Videro, a dieta cetogênica tem como base alimentar as proteínas e as gorduras boa.

Nessa dieta, a pessoa pode consumir qualquer tipo de carne, ovos, queijos, bacon, iogurte proteico, frutas (abacate, morango, coco) e legumes - de baixo e médio índice glicêmico, oleaginosas, folhas verdes, sementes, gengibre, óleos e azeites, palmito, chia, linhaça, couve, brócolis e tofu, shitake.

Os adeptos devem excluir totalmente massas, doces, cereais, torradas, pizzas, leguminosas, arroz, farinhas, bebidas alcoólicas, pães e outras fontes de açúcar.

2- Dieta dos pontos:
o indivíduo pode comer de tudo, mas não pode passar da quantidade de pontos diária. A dica é que a pessoa anote tudo que for comendo.  

Ainda segundo informações do UOL, a recomendação é distribuir a pontuação permitida entre os grupos de nutrientes essenciais, sendo que entre 50% e 60% do total para carboidratos (165 a 198 pontos), de 10% a 15% para proteínas (de 33 a 55 pontos) e 30% para gorduras (até 99 pontos).

3- Dieta Dukan: método consiste em uma drástica redução do consumo de carboidratos ao longo do dia. O autor da dieta Dukan, médico francês Pierre Dukan, define que o carboidrato deve ser substituído pelo aumento do consumo de proteínas e lipídios.

A dieta é dividida em quatro fases, com alimentos específicos e tempo de duração.

4- Dieta do metabolismo rápido: para emagrecer, o ideal é encontrar formas de fazer o metabolismo funcionar na maior velocidade possível, claro que de forma saudável.

A dieta do metabolismo é dividida em três etapas, que duram dois ou três dias e são repetidas por 4 semanas, com prática de exercício físico integrada e restrição de alguns alimentos. A pessoa deve fazer cinco refeições ao dia, comer em até 30 minutos após acordar de manhã e seguir o programar alimentar.

5- Dieta Whole 30 o método consiste em cortar os carboidratos da alimentação e investir no consumo de proteína. Além das restrições alimentares, os adeptos devem evitar a balança durante 30 dias.

 A nutricionista Carolina Xavier, da Taeq, explicou que os adeptos da Whole 30 devem evitar o consumo de embutidos (como salsicha, presunto, mortadela e bacon), açúcares simples e grãos (trigo, centeio, cevada, aveia, milho, arroz, painço, triguilho, grãos germinados e outros). Além disso, também é necessário cortar leguminosas: feijões, soja, ervilha, grão-de-bico, lentilhas, assim como leites, derivados e vinagre.



 6- Dieta do mediterrâneo: método é baseado na alimentação dos países banhados pelo mar Mediterrâneo, como Itália, Grécia, Líbano, Espanha, Líbia, Egito, Turquia e Marrocos.

 Para adotar a dieta basta colocar no prato o que a população dos países mediterrâneos costuma manter no cardápio: frutas, verduras, legumes, leguminosas (lentilha, grão de bico), fibras, peixes, leite e seus derivados (iogurte natural e queijo branco), azeite de oliva, ervas frescas e vinho tinto.