Fitness

Cinco sinais de que você precisa comer mais proteínas

Sem acompanhamento profissional é complicado saber qual a quantidade certa

- Atualizada em

efit

É Fit! Estilo de vida Várias dietas pregam o consumo da proteína como o grande vilão para a saúde e boa forma. Entretanto, poucos realmente sabem se estão consumindo a quantidade necessária. “Hoje em dia, a maioria das dietas da moda são muito focadas nas proteínas, mas muita gente desliza, não sabe comer e acha que está comendo direito”, explica o norte-americano Dawn Jackson Blatner, autor do livro ‘A Dieta Flexível’. Sem acompanhamento profissional é realmente complicado saber qual a quantidade certa de proteína para cada um. Um exemplo simplificado é que se uma pessoa que consome 2 mil calorias, pode achar essa quantidade em 50 a 150 gramas. E será que você, treinando ou não, está comendo a quantidade de proteínas ideal? Identifique alguns sinais de que você pode estar com uma deficiência do nutriente, mesmo achando que está arrasando.Fraqueza durante os treinosNós todos sabemos que a proteína é essencial para a construção muscular. E se você não obter o suficiente dela, seus músculos podem começar a diminuir ao longo do tempo, diz Blatner. Como resultado, você pode se sentir fraco e incapaz de fazer os exercícios.Frequentemente doenteSeus bíceps não são a única coisa que a proteína reforça. “A proteína é necessária para construir todos os compostos em nosso sistema imunológico”, diz Blatner. Então, se você parece pegar resfriados ou infecções mais frequentemente do que todos os outros e ineficiência de proteína pode ser o problema. Outro sinal: “Nossa pele é um órgão enorme imunológico porque ele nos protege do meio ambiente”, diz. Se a sua pele não está forte devido a uma falta de proteína, você pode começar a notar rachaduras nas unhas. Unhas rachadas podem ser portas de entrada para bactérias e gerar infecções.Ânsia por docesUm dos primeiros sinais que você está com pouca proteína: Você começa a sentir mais vontade de comer doce que o normal. A escassez de proteínas desencadeia uma compulsão por doces. Isso porque uma das funções da proteína é manter o açúcar no sangue estável, e se ela está ausente, seus níveis de glicose aumentarão e você sentirá mais vontade de comer guloseimas deliciosas, mas malditas.Raciocínio lentoÉ importante que o açúcar no sangue esteja equilibrado para que você permaneça concentrado. Quando você se priva da quantidade de proteínas necessárias para o organismo, seus níveis de glicose ficam inconstantes, Blatner diz que você pode sentir um pouco de náuseas e desfoque. Isso ocorre por conta da falta de carboidratos constante no organismo. Qual a relação com a proteína? O consumo do nutriente na medida certa ajudará a liberar o carboidrato gradativamente para que a energia seja constante e suas funções cerebrais estáveis. Se você come muito carboidrato e pouca proteína terá picos de energia e depois cairá em queda livre, deixando-o mais lento.Cabelo caindoA proteína é o bloco de construção de todas as suas células, e isso inclui seus folículos. “Se os folículos pilosos são fortes, eles segurarão o seu cabelo em sua cabeça, independente se você penteia ou não, se é refém do vento ou qualquer outra circunstância normal ou adversa. Contudo, Blatner explica que a queda dos fios pode representar um outro problema, como a disfunção da tireoide.