Fitness

Entenda como a ausência do glúten ajuda no emagrecimento

Para tirar o glúten do cardápio sem prejuízos ao organismo, é essencial contar com a orientação de um nutricionista

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Escolher uma dieta para emagrecer é quase sempre um desafio. Para você que gosta de pesquisar tipos de dieta, o iBahia separou informações importantes sobre a dieta sem glúten. Esse método  consiste em retirar totalmente os alimentos com glúten (
mistura de proteínas e carboidratos, que resulta em uma grande molécula formada principalmente por glutenina e gliadina, de difícil digestão) do cardápio.

De acordo com profissionais de nutrição da Mundo Verde, a dieta zero glúten pode ajudar no emagrecimento. "De fato, uma dieta isenta de glúten pode emagrecer, uma vez que a maioria dos alimentos com glúten são hipercalóricos, como é o caso das pizzas, bolos e pães".
Foto: reprodução
A principal finalidade dessa dieta é permitir que o indivíduo consuma outras fontes alimentares mais saudáveis e menos inflamatórias. Para começar a fazer essa dieta, é importante buscar orientação de um nutricionista, para que sejam feitas as devidas substituições no plano alimentar e, consequentemente, o corpo continue abastecido de todos os nutrientes.

Alimentos indicados

O plano alimentar zero glúten inclui legumes, tubérculos cozidos (mandioquinha, batata-doce, mandioca, cará e inhame), frutas, folhas, leguminosas, tapioca, ovo, peixes, frango e alguns cereais (glúten).

O que evitar

Os adeptos da dieta sem glúten devem evitar comer doces, condimentos, industrializados, leites, bebidas alcoólicas, pães, biscoitos, bolos e massas.



A ausência de glúten, mesmo que temporária, no organismo favorece a eliminação do excesso de líquido, melhora o funcionamento do intestino e ainda diminui o acúmulo de toxinas. Em outras palavras, esse tipo de alimentação desintoxica e desincha.