Fitness

Entenda porque a dieta e o treino não estão provocando perda de peso

De acordo com o personal João Carvalho, uma série de fatores pode influenciar negativamente no resultado do treino

Lívia Oliveira (liviaoliveira.ibahia@gmail.com)

Faz atividade física e segue uma alimentação equilibrada, mas o ponteiro da balança parece conspirar contra você? Calma, você não pode esquecer que cada organismo funciona de um jeito, ou seja, o emagrecimento não vem no mesmo espaço de tempo para todas as pessoas. Essa orientação também vale para quem deseja ganhar massa magra.

De acordo com o personal João Carvalho, uma série de fatores pode influenciar negativamente no emagrecimento ou na hipertrofia."O primeiro ponto é observar se o treino e a dieta estão alinhados com base nas necessidades e objetivos do indivíduo”, explicou Carvalho.

O especialista em educação física listou os principais erros que fazem você não emagrecer ou não ganhar massa magra. Confira:

Foto: reprodução

1- Montagem de treino inadequada: os treinos são individuais e devem ser prescritos com base nas necessidades da pessoa e no seu objetivo.

2- Erro na periodização de treino: você não pode estimular apenas um grupo muscular todos os dias. "Para quem quer emagrecer ou ganhar massa magra, eu sugiro que respeite as variáveis de treinamento prescritas pelo professor. Apenas o profissional de educação física - que observou a intensidade e o volume de treino de uma sessão - vai poder dizer o próximo dia que o indivíduo deve voltar a estimular determinado segmento muscular", alertou João Carvalho.

3- Não controle do balanço hídrico: você precisa manter seu organismo hidratado durante todo o dia;

4- Falta de descanso:
o sono noturno é fundamental para alcançar o objetivo. Não adianta malhar e comer bem se o corpo não tem o descanso adequado para recuperar as energias.

5- Disfunção no organismo:
o indivíduo pode ter algum problema de saúde que afeta o emagrecimento ou a hipertrofia, por isso é essencial realizar exames periódicos.
Foto: reprodução

6- Alimentação inadequada: não adianta se acabar de treinar e ao longo do dia comer muita besteira. Os alimentos escolhidos nas refeições diárias e a quantidade ingerida influenciam no resultado.


7- Falta de foco: não adianta malhar e ficar no celular, conversando ou passeando pela academia. Todo exercício tem seu tempo ideal de descanso entre as séries e isso precisa ser respeitado. 


8- Pular refeições: evite fazer intervalos muito longos entre as refeições, porque quando você faz isso seu organismo entende que precisa poupar energia até o horário da próxima refeição. Esse comportamento deixa seu metabolismo lento.

"Tente fazer suas refeições entre duas e quatro horas. Menores intervalos entre as refeições vão te deixar saciado por mais tempo e até fazer você comer menos. Não esqueça de procurar um nutricionista para te auxiliar com a escolha de alimentos e com o próprio plano alimentar", indicou o personal.

9 - Descontrole emocional: situações de estresse excessivo também podem prejudicar seu rendimento no treino e, consequentemente, o resultado.

Dica do profissional

"As orientações para aumentar a eficiência do treino incluem uma boa alimentação, hidratação e descanso adequado. Além disso, o indivíduo deve seguir corretamente as orientações do profissional de educação física e sempre tirar qualquer dúvida sobre a realização dos exercícios com o professor", aconselhou Carvalho.