Fitness

Fuja de resultados momentâneos! Veja dicas para ficar em forma o ano todo

A nutricionista Ivana Cobe afirmou que dietas radicais não são consideradas saudáveis e podem gerar efeito sanfona

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Mude de uma vez por todas! Para emagrecer mesmo, a dica é pensar além do verão. De acordo com a especialista em emagrecimento Edivana Poltronieri, muitas pessoas buscam alternativas rápidas e "milagrosas" para perder alguns quilinhos antes da temporada mais quente do ano e depois enfiam o "pé na jaca" de novo. 
“Não há problema em querer emagrecer para o verão, desde que a pessoa use isso como o primeiro passo de uma mudança saudável e sustentável. O corpo esbelto será apenas uma consequência", explicou Edivana. 
Edivana Poltronieri também alertou para os riscos de buscar apenas resultados rápidos. “A pessoa estará focada em emagrecer para uma determinada época, fazendo todo tipo de esforço até atingir o resultado desejado. Depois que o alcança, volta aos velhos costumes e, consequentemente, ao antigo peso também - efeito sanfona”. 
Foto: divulgação
Além disso, a nutricionista  Ivana Cobe, do 5S Estilo de Vida Saudável, afirma que dietas radicais não são consideradas saudáveis, tendo em vista que elas costumam restringir muitos alimentos para garantir a perda de peso rápida, causando um déficit de nutrientes essenciais para o funcionamento do nosso organismo.  Com isso, as profissionais afirmam que a melhor maneira de conquistar o corpo ideal para a estação é focar na mudança de hábitos. 
Confira outras dicas para estender o shape do Verão para toda a vida:

Escolha uma estratégia de emagrecimento
Não emagreça por conta própria com base no que lê na internet ou inspirado no processo de emagrecimento de outras pessoas. “Consulte um profissional da área antes de fazer dietas mirabolantes, exercícios físicos intensos e até utilizar medicamentos. Somente o profissional indicará a melhor estratégia para cada caso”, explica Edivana.

Mude sua relação com a comida
Você já deve ter ouvido falar que a alimentação saudável e balanceada é essencial para perda de peso. Mas também é importante  ressignificar sua relação com a comida, prestando atenção no que está comendo e se perguntando o porquê ingerir cada alimento escolhido. “Desta forma, o paciente acaba criando uma consciência alimentar e aprende a fazer escolhas saudáveis independente da ocasião, pois sentirá prazer em comer bem”, ressalta a nutricionista Ivana.

Aposte no exercício físico
Não é segredo para ninguém que a combinação de uma boa alimentação com exercícios físicos garante não só o emagrecimento, como também uma vida saudável e mais leve. A prática de exercícios físicos gera propriedades no corpo que proporcionam hormônios relacionados ao bem-estar e felicidade, além de ajudar na queima de gordura, facilitando a perda de peso. 
“Opções de exercícios que façam suar como danças, corridas e exercícios aeróbicos são excelentes para quem quer perder quilos e ter mais qualidade de vida”, indica a especialista em emagrecimento.

Não desista!

Todo começo é difícil. Acostumar a mente com as novas escolhas alimentarem pode parecer impossível, mas é importante não desistir. Um estudo de Jane Wardle, do University College de Londres, publicado no European Journal of Social Psychology, afirma que são necessários 66 dias para transformar uma atividade em algo automático. “Continue firme! Quanto mais vezes um comportamento positivo é repetido, mais o cérebro entende a nova ‘programação’ e passa a substituir antigos hábitos nocivos”, finaliza Edivana.