Fitness

Kelly Key ensina treino para deixar bumbum na nuca

Cantora costuma arrancar suspiros nas redes sociais pela sua boa forma

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A cantora Kelly Key é famosa por arrancar suspiros na internet por conta de sua boa forma e seu estilo de vida saudável. Agora, ela revela um de seus segredos para o treino de glúteos. “Se engana quem diz que a paixão nacional é o futebol. Todo mundo ama mesmo é um bumbum durinho, principalmente quando colocamos um biquini para irmos à praia ou até mesmo ao vestirmos um jeans mais justo”, conta a dona do sucesso “Baba Baby”.

Uma das maiores dificuldades encontradas pelas mulheres quando trabalham os glúteos é conseguir resultados significativos, especialmente a definição do encontro entre a coxa e o bumbum. “Essa é a famosa região que chamamos de ´bananinha’. É difícil eliminá-la, mas é possível! Para isso, é preciso focar em exercícios específicos e alimentação”, explica a instrutora de Zumba Anna Kobe.

“Desde a primeira menstruação, o corpo da mulher muda e o organismo foca o depósito de gordura, principalmente, nas coxas, quadris e glúteos. Fatores como genética e idade também podem influenciar”, revela Anna, que completa “uma dica para o sucesso do treino do bumbum, é fazer a contração ativa da região, para que todos os movimentos sejam efetivos, principalmente quando trabalhamos com o peso do próprio corpo”.


Confira os exercícios realizados por Kelly Key para queimar a gordura localizada, tonificar os glúteos e coxas, e eliminar de vez a flacidez:
1. Lunges ou avanço
É um exercício clássico para glúteos que também trabalha outros membros inferiores. Há variações, pois pode haver explosões – o que aumenta o grau de dificuldade e intensidade do movimento. “É importante termos consciência corporal para executar o avanço. Postura correta e equilíbrio são essenciais para movimentar as pernas até quase encostar no chão”, explica Anna Kobe.

Foto: Forever Filmes

2. Curtsy lunges ou afundo com rotação do tronco
“Essa é uma variação do avanço, que queima muito os glúteos! Para executá-lo, coloque uma perna para frente e outra atrás. A perna de trás vai em direção a lateral do corpo e ambas são flexionadas, como se estivéssemos fazendo uma referência”, explica a especialista.
Foto: Forever Filmes

3. Single leg romanian deadlift ou Stiff Unilateral
É um exercício que tonifica principalmente a parte posterior de coxas, glúteos e costas. “Para realizar o movimento, mantenha uma perna apoiada no chão com o joelho semiflexionado e, em seguida, faça a elevação da outra que deve estar esticada”, explica a Master Trainer. “Esse exercício é demais! Sinto a ‘bananinha’ indo embora!”, afirma Kelly.
Foto: Forever Filmes

4. Runners lunge com salto
“Esse é um exercício que ativa o sistema cardiorrespiratório, porque trabalha saltos, que garantem a queima de gordura, além da tonificação muscular”, explica Anna.  Para realizá-lo, mantenha uma perna na frente com o joelho flexionado e a de trás estendida. Em seguida, traga a perna de trás para frente, elevando o joelho acima da linha do quadril, saltando.
Foto: Forever Filmes