Fitness

Malhe sem perder tempo: entenda como funciona o treino metabólico de apenas 15 minutos

Esse treinamento ajuda na aceleração do metabolismo e, consequentemente, aumenta o gasto calórico

Lívia Oliveira (liviaoliveira.ibahia@gmail.com)
- Atualizada em

Quer resultado com os exercícios sem perder muito tempo do seu dia? A dica é optar pelo treino metabólico, que consiste em uma atividade de alto volume (cargas menores aliada a mais repetições), com curtos intervalos de descanso.

O treino metabólico ajuda na aceleração do metabolismo e, consequentemente, aumenta o gasto calórico. A eficiência desse treinamento, para quem deseja emagrecer, é ainda maior quando o indivíduo segue um plano alimentar adequado (com base nas necessidades do organismo e o objetivo).

De acordo com o personal trainer Gutemberg Vieira, não existe contraindicação para essa prática. "Qualquer pessoa pode aderir ao treinamento metabólico, desde que esteja acompanhado de um profissional de educação física capacitado, pois o plano de exercícios varia para cada pessoa, com base em sua individualidade biológica e limitações", explicou Vieira.

Foto: reprodução
O especialista garante que uma sessão de treino metabólico pode durar de 15 a 45 minutos, dependendo da periodização, do objetivo e da individualidade do aluno.

Entre as opções de exercícios que podem compor esse treinamento estão: flexão de braço, prancha com mãos alternadas, abdominal infra, prancha lateral alternando os lados, afundo alternando as pernas, desenvolvimento com halteres, agachamento e burpees.

Resultados

Para Gutemberg Vieira, o resultado do treino depende do esforço e da dedicação do indivíduo: "As mudanças mais notórias no corpo com esse treinamento são as reduções das circunferências, a perda de peso, o aumento do volume muscular, a redução da porcentagem de gordura e a melhora no condicionamento físico". O especialista também alertou que 70% do resultado vai depender da alimentação, que deve ser auxiliada por um nutricionista.

Benefícios do treino metabólico:

- Melhoria da capacidade cardiovascular;
- Exercícios de alto gasto calórico;
- Melhoria no sistema hormonal;
- Otimização do tempo de treino;
- Aumento de massa muscular;
- Melhoria das capacidades motoras.