Fitness

Não gosta de academia? Veja como treinar apenas com o peso do próprio corpo

Para executar o treino de calistenia, os praticantes também podem utilizar barras e banco de praça

Lívia Oliveira (liviaoliveira.ibahia@gmail.com)
- Atualizada em

É possível provocar mudanças no corpo (emagrecer, ganhar massa magra e até melhorar a qualidade de vida) longe de academias. Uma estratégia é optar pela calistenia, que consiste em exercícios realizados apenas com a força do próprio corpo e movimentos acrobáticos.

Esse treinamento pode também utilizar barras e banco de praça para execução dos exercícios. De acordo com o personal trainer Caio Frederico, o treino de calistenia é indicado tanto para pessoas que desejam emagrecer como para alcançar o tônus muscular.
Foto: reprodução

"Os principais objetivos desse treino são melhorar o condicionamento físico e  preparar o indivíduo para superar o peso do próprio corpo. Ele também pode contribuir para o emagrecimento, pois trabalha com exercícios complexos que englobam todas as regiões do corpo", explicou Frederico.

O especialista garantiu que esse treino pode durar de 30 a 50 minutos e ter uma média de oito exercícios, conforme o nível do praticante - básico, intermediário e avançado.

Exercícios

A calistenia pode ser classificada como um tipo de treino funcional, que se baseia em movimentos naturais do corpo humano. "As séries de exercício podem incluir 10 minutos de corrida, apoio no solo, abdominal reto no banco de uma praça, barra fixa adaptada, tríceps no banco, abdominal prancha, isometria no paralelo e tiros de 100 metros com recuperação de um minuto", exemplificou o personal.

Foto: reprodução
Resultados

Segundo Caio Frederico, o praticante vai começar a identificar resultados no corpo com no máximo 90 dias. "Esse tempo leva em consideração as adaptações neurais e os processos de fortalecimento das articulações (principalmente ombro e abdômen) e de definição corporal".

Benefícios

1- Melhora dos níveis de colesterol;
2- Ajuda no controle da pressão arterial;
3- Melhora na frequência cardíaca;
4- Aumento da flexibilidade;
5- Melhora da mobilidade articular;
6- Aumento dos níveis de força;
7- Aumento do tônus muscular.



Orientações

O personal trainer alertou que mesmo sendo um treino indicado para qualquer indivíduo é importante buscar a orientação de um profissional. "O educador físico vai montar um plano de treino com base nas individualidades e objetivos da pessoa. Além disso, ele (a) vai estabelecer a periodização adequada de treinamento".