Fitness

Veja como a dieta TLC ajuda no emagrecimento

Mudança não se restringe à alimentação, mas a todo um comportamento de vida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Você já ouviu falar da Therapeutic Lifestyle Changes? A TLC, que pode ser traduzida como mudanças terapêuticas do estilo de vida, é baseada em um tripé de alimentação saudável, atividade física e controle de peso, e pode ser usado ao seu favor durante a primavera/verão.

O principal objetivo da TLC é o combate ao colesterol alto. Altas taxas de LDL, o chamado "colesterol ruim", podem significar o aparecimento de doenças cardiovasculares. "A dieta ajuda muito no combate ao colesterol ruim. Elevar o HDL é algo que desejamos, o que faz aumentá-lo é a atividade física e comer uma dieta com baixa gordura. Quando não se consegue com dieta, é preciso usar medicamentos", afirmou ao UOL o nutrólogo e diretor da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran) Nelson Lucif Júnior.

Foto: reprodução

Por se tratar de uma mudança no estilo de vida e não apenas na alimentação, a TLC pode ajudar no emagrecimento. A simples mudança e corte de certos alimentos da dieta pode fazer com que a pessoa controle melhor o próprio peso.

Cardápio
Alimentos como peixes estão incluidos na dieta, pois são ricos em ômega 3, que aumenta as taxas do HDL, o colesterol bom. Leite e derivados são fontes de proteínas e cálcio e, portanto, estãon inclusas na TLC.

A dieta sugere, de um modo geral, alimentos ricos em fibras, fibras solúveis, fitoesteróis e nutrientes com ação antioxidante e que podem impedir a presença de placas de gordura nos vasos sanguíneos. Isso significa que vegetais, frutas, legumes, leguminosas e grãos integrais também fazem parte da TLC.

Por outro lado, devem ser evitados os doces, frituras, carnes gordurosas e produtos cheios de gordura saturada e trans, como produtos industrializados e de fast-food.



Vale lembrar que a procura por um especialista antes de iniciar uma dieta é indispensável, para que ele possa adequar a alimentação às necessidades calóricas e nutricionais do paciente.