Fitness

Oito razões para você começar a praticar atividade física com urgência

"O sedentarismo aliado ao stress e a hábitos alimentares ruins são condições que representam risco para a saúde", alertou Eduardo Netto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Fazer atividades físicas regularmente é essencial para saúde. Atualmente, inúmeras evidências científicas têm demonstrado uma forte associação entre estilo de vida ativo, melhor qualidade de vida e longevidade. De acordo com Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech Company, os exercícios são a melhor forma de evitar os malefícios do sedentarismo.

“O sedentarismo aliado ao stress, oriundo de um mundo corporativo cada vez mais competitivo, e a hábitos alimentares ruins são condições que representam risco para a saúde", alertou Eduardo. Ele também listou oito benefícios das atividades físicas para saúde.

Foto: reprodução

1. Combate de Doenças Crônicas

Pesquisas têm comprovado que indivíduos fisicamente aptos e/ou treinados tendem a apresentar menor incidência de doenças crônica degenerativas. Fato explicável por uma série de benefícios fisiológicos e psicológicos. A prática regular da atividade física pode, até mesmo, contribuir na prevenção de inúmeras patologias, tais como: diabetes tipo II, osteoporose, hipertensão e alguns tipos de câncer.  

2. Melhor qualidade do sono
Pesquisadores afirmam que o sono de pessoas ativas é melhor que o de pessoas inativas. Um sono melhor proporciona menos cansaço no dia seguinte e mais disposição para a prática de atividade física. Durante o sono, há um maior relaxamento muscular e a redução da tensão nervosa decorrente dos exercícios.

3. Pode e deve ser entretenimento:

Quanto mais diversão, mais fácil será a manutenção deste hábito. O programa de atividades pode incluir exercícios estruturados como caminhar, correr, jogar futebol ou outros esportes. É importante incluir atividades cotidianas como afazeres domésticos, trabalhos no jardim ou caminhar com o cachorro. Escolha uma combinação de atividades estruturadas e cotidianas que encaixem no seu horário. Experimente algo que dê prazer.

4. Ansiedade e depressão
A inclusão de exercícios podem minimizar os sintomas. Pessoas com tendência a ansiedade e depressão são beneficiadas pela liberação de substâncias calmantes e relaxantes durante a atividade física. As endorfinas, que aumentam no organismo de quem pratica exercícios, ajudam na diminuição da hiperatividade e oferecem sensação de bem-estar e bom humor.

5.  Alto astral: Humor

Muitos benefícios psicológicos estão relacionados ao estilo de vida fisicamente ativo. A atividade física regular atua efetivamente na prevenção e no tratamento de distúrbios psicológicos e também na promoção da saúde mental, por meio da melhoria do humor e do auto conceito, da maior estabilidade emocional e autocontrole, da maior auto eficácia, do controle do estresse, além de melhorar a função intelectual.



6. Controle do peso corporal
A atividade física ajuda a controlar o peso corporal, queimando as calorias em excesso que, de outra forma, seriam armazenadas como gordura.  A maioria dos alimentos ingeridos contém calorias, e tudo que fazemos têm calorias, incluindo dormir, respirar e digerir a comida. O grande desafio está no equilíbrio das calorias consumidas com as calorias utilizadas, que refletem no estilo de vida e nas atividades físicas diárias.

7. Melhoria desempenho profissional

A prática de exercícios ajuda na regulação das substâncias relacionadas ao sistema nervoso, melhora o fluxo de sangue para o cérebro, ajuda na capacidade de lidar com problemas e com o estresse. Muitas empresas e pessoas estão descobrindo que praticar algum tipo de exercício físico pode ser uma das saídas mais rápidas e eficientes para aumentar a disposição, a agilidade e o vigor físico que o trabalho exige. Desempenho fraco, lentidão nas decisões e falta de criatividade podem ser resolvidos com a prática de atividades físicas regulares. A atividade física pode também exercer efeitos no convívio social do indivíduo, tanto no ambiente de trabalho quanto no familiar.

8. Longevidade

Embora não seja possível evitar o envelhecimento, o exercício regular minimiza os efeitos da idade, aumenta a expectativa de vida e limita o desenvolvimento de algumas doenças. Estudos experimentais sugerem que a prática de atividades de intensidade moderada atua na redução de taxas de mortalidade, e o risco de incapacidade para realizar as tarefas diárias diminui em 7% a cada hora adicional de atividade física por semana.