Fitness

Paleo training: entenda como 150 exercícios e árvores ajudam no emagrecimento

Esse treinamento trabalha diversos grupos musculares ao mesmo tempo. As séries incluem movimentos como agachar, empurrar, saltar, arremessar peso e rastejamento

Lívia Oliveira (liviaoliveira.ibahia@gmail.com)

Está querendo emagrecer? Você pode optar por um treino que trabalhe a funcionalidade do seu corpo, sem academia ou muito peso. O paleo training consiste em um método estruturado em 150 exercícios com movimentos inspirados nas atividades dos homens da idade da pedra lascada. Ele trabalha diversos grupos musculares ao mesmo tempo. As séries incluem movimentos como agachar, empurrar, saltar, arremessar peso, suspender, correr e rastejamento. 

Foto: reprodução

De acordo com o personal trainer Gutemberg Vieira, esses movimentos eram associados as necessidades diárias dos nossos ancestrais para sobreviver. "Os exercícios envolvem a parte anatômica do nosso corpo, trabalham a mobilidade e a estabilidade", explicou Gutemberg.

Os circuitos incluem uma variedade de atividades flexíveis, na maioria das vezes de alta intensidade, com curtos intervalos de descanso. A pessoa pode fazer os movimentos inclusive com o auxílio do troco de uma árvore. 

O personal Pedro Almeida alertou sobre os riscos de pegar um treino na internet e executar sozinho. "O ideal é que a pessoa busque a orientação de um profissional para organizar os grupos de exercício dentro de suas necessidades, limitações e objetivos. O personal vai auxiliar na execução correta dos movimentos, evitar lesões e otimizar os resultados".  

Benefícios 

O treino paleolítico é mais indicado para pessoas que desejam perder peso, desde que associado a boa alimentação. "É um treino de alta intensidade que contribui para aceleração do metabolismo e, consequentemente, no gasto calórico", garantiu Vieira. 

Foto: reprodução

Os profissionais de educação física, Gutemberg e Pedro, listaram os principais benefícios desse treinamento. Confira:

- Ativa o lado psicomotor do corpo, melhorando a coordenação motora, a postura e as valências físicas, como a lateralidade do corpo, potência, força, velocidade e agilidade; 

- Favorece o aumento de massa muscular;

- Fortalece os ossos e as articulações;

- Contribui no equilíbrio da pressão arterial; 

- Ajuda no processo de emagrecimento;

- Diminui a necessidade de descanso para realizar as atividades diárias;

- Ajuda na prevenção de doenças;

- Aumenta a resistência física;

- Melhora a mobilidade; 

-  Aumenta a motivação para praticar atividades físicas pela variedade de movimentos;

Cuidados e riscos

Foto: reprodução
"O treinamento precisa ser planejado e periodizado para as especificidades de cada indivíduo. Um aluno avançado é possível ritmar uma frequência maior com intervalos menores. Já um iniciante vai ter intervalos um pouco maiores com intensidades menores", garantiu Gutemberg. 

Os 150 exercícios não devem ser feitos em um único dia. "É interessante periodizar o treinamento semanalmente, com exercícios separados por dias, para que exista adequadamente o descanso muscular e das articulações", pontuou Pedro.

Vale lembrar que todo exercício físico deve ser adaptado as individualidades de cada pessoa, por isso a importância do acompanhamento profissional.