Fitness

Perder peso hoje é mais difícil do que há 30 anos, diz pesquisa

O consumo de alimentos industrializados é uma das causas para a dificuldade de emagrecer

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Um estudo divulgado pela revista Atlantic apontou uma razão científica para o fato de, há 30 anos, mesmo sem frequentar academia e comendo de tudo, as pessoas não sofriam tanto com o sobrepeso. Segundo a pesquisa, realizada na Universidade de York, em Toronto, é mais difícil para um adulto hoje em dia manter o peso do que era há 20 ou 30 anos, mesmo com a mesma quantidade de calorias e de exercícios físicos. Após a análise de dados da dieta de 36.400 americanos entre 1971 e 2008 e a atividade física de 14.419 pessoas entre 1988 e 2006, a conclusão dos pesquisadores foi que uma pessoa, em 2006, que consumia a mesma quantidade de calorias e nutrientes (como proteína e gordura) e praticava exercícios com a mesma frequência de alguém em 1998 tinha, mesmo assim, um índice de massa corpórea (IMC) até 2,3 pontos maior.
Isso quer dizer que os adultos de hoje são 10% mais pesados que os dos anos 80, mesmo comendo a mesma quantidade e praticando exercícios. De acordo com os pesquisadores, o uso de substâncias como conservantes, presentes em alimentos industrializados, alteram os processos hormonais e aprimoram a maneira que os corpos têm de manter o ganho de peso. Além disso, o consumo de hormônios animais pode estar mudando as bactérias que habitam o intestino e torna os adultos de hoje mais propensos à obesidade.