Fitness

Pipoca engorda? Aprenda a fazer duas receitas fitness

O alimento não só tem um baixo teor de caloria como é fonte de fibras e ajuda na saciedade

Redação iBahia (entretenimento@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Querida por muitos, a pipoca pode ser uma grande aliada na dieta. O que muita gente não sabe é que o que engorda este alimento são seus “acompanhamentos”: óleo, manteiga, sal, ou, no caso das doces, o achocolatado e o leite condensado. As de micro-ondas são ainda piores, por possuírem um teor de sódio e de conservantes muito alto.

No entanto, a pipoca “pura”, não só tem um baixo teor de caloria como é saudável. É um alimento derivado do milho e rico em fibras, que ajudam o intestino a funcionar corretamente e a eliminar o inchaço na região da barriga. A parte amarela da pipoca é formada por amido, que evita picos de glicose no sangue. Além disso, aumenta a sensação de saciedade. Pensando nesses benefícios, que tal inserir a pipoca, com moderação, na sua dieta? Para isso, confira duas receitas de pipocas fitness:

A base das duas receitas é a mesma. Em um recipiente de vidro fundo, coloque a quantidade desejada de pipoca, com um pouco de água (três colheres para 100 gramas). Cubra o pote com a tampa para micro-ondas e deixe até estourar, tomando cuidado para não deixar queimar.

Para acrescentar sabor a pipoca, uma receita sugere polvilhar a canela em pó sobre o alimento, deixando um sabor doce. A outra opção é com creme de whey.

Para fazer esse creme basta misturar o produto com um pouquinho de água, até que fique na consistência de um brigadeiro. É importante lembrar que o whey protein possui algumas restrições de consumo, por isso, antes de fazer a receita, consulte um profissional.