Fitness

Quarentena: confira cinco dicas para treinar no inverno

Uma boa noite de descanso é fundamental para o bom funcionamento do organismo

Redação Dino

O inverno é um período do ano em que as pessoas tendem a comer mais e, com isso, ter um aumento de peso. Ainda mais quando a rotina foi completamente readaptada para trabalhar e viver momentos de descontração em casa. Porém, a boa notícia é que mesmo em quarentena é possível usar as baixas temperaturas a favor do emagrecimento, pois é justamente quando o metabolismo está mais acelerado, já que gasta mais calorias para manter o corpo aquecido.

A Master Trainer da modalidade fitness Strong Natio, Anna Kobe, explica "A pessoa pode chegar a perder 30% a mais de calorias no inverno, se comparada as outras estações do ano. Portanto, use este momento de isolamento social para emagrecer tudo o que foi adquirido nesses meses de quarentena". Para ativar o corpo e queimar calorias, a profissional recomenda 5 hábitos que vão ajudar:

1. Sono como elixir

Anna explica que uma boa noite de descanso é fundamental para o bom funcionamento do organismo, sem contar que é essencial para dar mais disposição ao treino. "Muitas pessoas têm reclamado de insônia desde que a nossa rotina foi readaptada. A prática de atividade física vai ajudar a melhorar a qualidade do sono: quando mais se treina, mais o corpo relaxa e o sono é melhor aproveitado. É um ciclo vicioso do bem, vale a pena investir nele".

2. Alongue, quanto mais alongamento melhor

Antes de qualquer prática esportiva, desde uma simples caminhada até um exercício mais pesado, o alongamento é essencial para evitar lesões e preparar o corpo para a atividade. "No frio, os vasos estão menos dilatados e a musculatura fica mais retraída, então é superimportante reservar um tempo antes do treino para alongar", explica o Master Trainer que também recomenda fazer pausas durante o período de trabalho em home office, para alongar o corpo e evitar dores na coluna.

3. Opte por treinamentos de alta intensidade e completos

Nos dias frios a transpiração é mais contida, ou seja, a pessoa se sente menos cansada durante o treino. Sendo assim, é um ótimo período para fazer atividades mais pesadas. "Aposte em uma sequência de movimentos de alta intensidade que provocam a exaustão, os chamados HIITs. A aula de Strong Nation tem esse formato, sendo possível trabalhar o sistema cardiorrespiratório  além de toda a musculatura do corpo".

Anna ainda acrescenta:"com este treinamento é possível queimar calorias enquanto está descansando, o organismo continua ativo mesmo quando a aula termina". Por isso, é recomendado a modalidade em dias intercalados.

4. Uma playlist adequada ajuda a motivar

É comprovado cientificamente que músicas durante o treino ajudam a manter o aluno mais estimulado. "Strong Nation foi criado exatamente para promover essa experiência. Todos os movimentos são sincronizados em cada batida da música, o que ajuda o praticante a ter motivação do início ao fim da aula".

5. Água nunca é demais

Beber água é fundamental para a saúde do organismo."Costumamos ouvir que todo mundo precisa beber 2 litros de água por dia, mas, na verdade, a quantidade de água ideal muda de pessoa para pessoa. Contar com acompanhamento nutricional ajuda a potencializar o efeito do treino", finaliza a Master Trainer.

Anna Kobe ainda ressalta que a modalidade é indicada para todas as pessoas, independentemente do nível de condicionamento físico. É possível fazer cada exercício em intensidades moderadas, intermediárias ou mais avançadas. Todos os instrutores da modalidade acompanham virtualmente os alunos, ensinando a execução correta de cada movimento, para evitar lesões.