Fitness

Quatro passos para evitar lesões musculares durante treinos em casa

Com febre de apps e prática de exercícios em casa, lesões podem se tornar mais comuns; especialista ensina cuidados

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um dos segmentos mais afetados pelo isolamento social, causado pelo coronavírus, foi o setor de academias e esportes. No entanto, empresas como a Smart Fit -  5º maior rede de academias esportivas do mundo e a maior da América Latina, entraram para o mundo virtual  e atingiram cerca de 8 milhões de pessoas com aulas por aplicativo. O cuidado, porém, precisa ser redobrado já que os exercícios estão sendo feito em ambiente inadequado e sem acompanhamento de um educador físico. 

A tecnologia, no entanto, pode ser uma excelente aliada para potencializar os treinos. A HTM Eletrônica (https://htmeletronica.com.br), por exemplo é uma empresa pioneira na fabricação de equipamentos estéticos e de reabilitação física. Segundo a coordenadora de fisioterapia da HTM, Aline Caniçais, “as lesões mais comuns acontecem no joelho e lombar. A pessoa que está se exercitando em casa precisa se preocupar não só em se exercitar, mas completar o treino sem se lesionar”.

O tratamento mais adequado para evitar lesões musculares e potencializar a hipertrofia é feito com o equipamento STIM CARE, composto por correntes  excitomotoras e terapêuticas. As correntes que promovem contração muscular, quando associadas a contração ativa da musculatura, proporcionam um tratamento global e garantem resultados efetivos, pois recrutam em torno de 40% a mais de fibras musculares que  só o exercício ativo. Já as correntes terapêuticas do equipamento promovem melhora do desconforto pós treino, contribuindo para a recuperação da musculatura trabalhada. 

Para  evitar que lesões aconteçam durante os exercícios em casa, o fisioterapeuta especialista em reabilitação esportiva, Alexandre Urso, selecionou alguns cuidados.

1. A quarentena pode ser uma motivação para aqueles que não se exercitam porque não tem tempo. Neste caso, o cuidado precisa ser redobrado já que o seu corpo não está preparado fisicamente. Sempre observar a carga, não tente fazer algo que seu corpo não suporta.  É normal sentir um cansaço muscular nos primeiros dias, mas se a dor for muito forte, significa uma lesão, é necessário suspender exercícios na região lesionada.  

2.  Se você estiver recebendo as instruções por vídeo, assista uma vez antes de executar o movimento. Tente manter a postura de maneira adequada, não compense o peso, quando possível faça em frente à um espelho. As principais regiões em que vocês deve evitar sobrecarregar  são pescoço, coluna e joelhos. 

3. Tente executar com perfeição os exercícios, tenha consciência do seu corpo e como ele está se posicionando. Caso tenha dificuldade, observe melhor antes de executar. Durante a execução, observe como seus músculos se comportam e se você sente uma sobrecarga  em algum local do corpo. Caso não sinta nenhuma dor, continue seguindo as orientações. 

4. Durante os exercícios de membros superiores (braços) evite contrair o músculo trapézio (entre o pescoço e o braço), evite também movimentos projetando a cabeça a frente ou passar barra ou cabo atrás da cabeça. Já quando for realizar exercícios para os membros inferiores (pernas) não deixe o joelho desviar do eixo do corpo, seja para fora ou para dentro; sempre tente deixar o joelho na mesma linha do ombro.