Fitness

Queime até 700 calorias por aula: sete razões para você começar a praticar pole dance

Atividade promove o fortalecimento muscular, o emagrecimento e melhora a autoestima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Quer emagrecer? Você pode alcançar seu objetivo de várias formas. Uma opção é praticar pole dance. O exercício vai muito além da sensualidade dos movimentos no ar, ele trabalha todo o corpo. O pole dance contribui para o fortalecimento muscular, emagrecimento e bem-estar psicológico.

A aula inclui giros ao redor da barra, mas também abdominais com apoio no poste. Para que você não tenha nenhuma dúvida dos benefícios, o iBahia listou sete razões para investir no pole dance.

A musa fitness Gracyanne Barbosa é adepta do pole dance (Foto: reprodução)

1- Fortalecimento muscular

A atividade fortalece todos os músculos do corpo. O praticante precisa de muito esforço para se manter preso à barra, a pessoa precisa realizar isometria de quase todos os músculos, ou seja, é preciso manter os músculos contraídos para que o movimento seja bem executado e compense a gravidade. O resultado no corpo começa a ser percebido cerca de três meses após o início da prática.

2- Melhora a coordenação motora


O pole dance integra movimentos de dança, ioga e ginástica, o que contribui para o desenvolvimento da coordenação motora. No decorrer da atividade, a atenção para cada movimento e troca de mãos o praticante exercita a concentração.

3- Barrigada chapada

A contração do abdômen é o mantém o corpo em equilíbrio durante os movimentos. Fazer pole dance trabalha os diferentes músculos abdominais através de abdominal reto, oblíquos, infra abdominais e até o transverso do abdômen. Os exercícios contribuem para o ganho de massa muscular na região do abdômen.



4- Emagrece

De acordo com a educadora física Grazzy Brugner, em uma hora de aula, a pessoa pode queimar entre 400 e 700 calorias por hora de aula, dependendo da intensidade do exercício. A queima de calorias tem relação com a necessidade de usar o peso do próprio corpo para realizar os movimentos.

5- Um tchau digno

A atividade vai te permitir dá tchau sem sentir vergonha. O pole dance trabalha os músculos do corpo, principalmente o tríceps (o músculo do tchau) e o bíceps (próximo do ombro). Durante os movimentos, o praticante deve direcionar a força aos braços e deixar os antebraços apenas como apoio para evitar lesões e ainda permitir que a musculatura do braço faça contração máxima.

6- Flexibilidade

No decorrer das aulas, a pessoa passa a fazer movimentos mais acrobáticos, com mais giros e uma maior amplitude de pernas e braços. Para evitar lesões, as aulas são cheias de atividades que estimulam o alongamento e a flexibilidade.

7- Treino mais individual

As aulas de pole dance são realizadas, normalmente, em grupos pequenos para que o (a) professor (a) consiga prestar atenção em todos. Todas as etapas serão orientadas de forma cuidadosa, das primeiras escaladas aos giros de costas.