Fitness

Treinamento funcional auxilia na busca pela barriga seca

Descubra porque essa modalidade é excelente para perder peso, reduzir medidas, ganhar flexibilidade e aumentar o condicionamento

Redação Dino

O treinamento funcional consiste em movimentos simples como correr, pular, correr, agachar, rodar e empurrar. Realizando exercícios simples em séries de repetições alternadas, o aluno consegue ganhar mais força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento e resistência física. O diferencial do treinamento funcional é que ele não se baseia em movimentos mecânicos e repetidos trabalhando apenas estruturas definidas ou isoladas, como os exercícios mais tradicionais.


Este tipo de treino trabalha o corpo como um todo e gera uma série de benefícios como condicionamento cardiovascular, redução do percentual de gordura corporal e emagrecimento.


Queime calorias e perca a barriga
Em média, é possível gastar até 800 calorias durante uma hora de funcional, o que supera a queima calórica alcançada com o mesmo tempo de corrida, por exemplo. Esse tipo de exercício privilegia a qualidade do movimento, mais do que o esforço físico propriamente. O treino funcional tem arregimentado muitos adeptos justamente por ser uma modalidade que promove perda de peso e medidas, ajudando na redução da gordura abdominal (ou visceral).

Uma das razões é que os movimentos funcionais objetivam o fortalecimento do centro de força corporal, o core, que são os músculos abdominais, e os localizados nos quadris e na região lombar, que estão relacionados à estabilidade da coluna vertebral. Assim, ao trabalhar essa região muscular em todos os exercícios, para garantir o equilíbrio e a força do corpo durante os movimentos, a barriga permanece o tempo todo contraída e o resultado é a definição abdominal.

Mais benefícios
Outro ponto positivo do treinamento funcional é que os exercícios trabalham o corpo e os músculos de maneira global e integral, sem gerar sobrecarga sobre determinadas partes do corpo, o que reduz o risco de lesões por repetição. Os exercícios funcionais são realizados em circuitos, em que o aluno segue uma sequência determinada de atividades, sem intervalos entre os movimentos.  Para alcançar os objetivos, o ideal é que a frequência seja de três a quatro vezes por semana. Como toda atividade física, para praticar o treinamento funcional é fundamental ser orientado por um profissional especializado, que vai respeitar os limites de cada aluno e indicar séries de acordo com cada necessidade. Também é importante aliar ao treinamento funcional uma dieta alimentar balanceada e saudável, para potencializar os efeitos dos exercícios.

O treinamento funcional garante ainda definição muscular e trabalha a musculatura profunda, e para isso existem acessórios e equipamentos específicos como bolas, elásticos, cordas, cones, discos, entre outros.