Fitness

Verão 2020: especialista alerta para os cuidados que os 'atletas da estação' precisam ter

Matrículas crescem cerca de 30% no início do verão

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
O final do ano está chegando e com ele, o verão. Praia, sunga, biquíni e corpos expostos marcam os meses que seguem e, com toda essa ebulição, tem muita gente que quando percebe que falta pouco mais de um mês para as festas de fim de ano e férias decidem correr para as academias para tentar colocar em prática o famoso “Projeto Verão”. Tanto que o Brasil já se tornou o segundo maior mercado de academia do mundo, segundo a ACAD (Associação Brasileira de Academias).

As matrículas crescem cerca de 30% no início do verão e esse índice sobe para até 45% se forem consideradas as adesões realizadas apenas na alta temporada. Mas antes de pensar em exibir apenas um corpo que parece saudável, o mais importante é pensar na saúde e aí fica o alerta. Para o diretor técnico na Rede Alpha Fitness, Igor Castro, frequentar uma academia traz motivação e bem estar, o que ele considera mais importante do que a busca por um corpo esculpido.
É importante que a pessoa fique atenta a problemas como lesões de ligamentos e cardíacas, que podem surgir em quem está há algum tempo sem praticar esportes. “É prudente que as pessoas saibam que a prática incorreta ou excessiva de exercícios é tão prejudicial à saúde quanto o sedentarismo”, revela Igor. O ideal é que a pessoa não queira fazer tudo em um dia só na intenção de tirar o atraso do tempo parado e sim iniciar as atividades de maneira moderada.
Começar devagar, com caminhadas de 20 a 30 minutos nos primeiros dias, pois assim não há sobrecarga: “Começar uma atividade física a qualquer tempo traz benefícios para a saúde, porém é a rotina de exercícios que trará reais ganhos. Procure algo que você realmente goste para que seja algo prazeroso e assim a atividade física será um hábito na sua vida”.

Além disso, é importante que se ache o ponto de equilíbrio em relação ao volume e à intensidade dos treinos. Ou seja, as atividades devem ser realizadas de maneira gradual, aumentando o ritmo com o passar do tempo. “Vale lembrar, ainda, que os exercícios devem estar aliados a um equilíbrio nutricional”, finaliza o profissional.