FLICA

Empreendedores solidários participam da Flica 2019

Atividades irão ocorrer na praça Góes Calmon durantes os dias do evento (entre 24 e 27 de outubro)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A 9ª Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) irá contar mais uma vez com a participação dos empreendimentos assistidos pelos Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). As atividades acontecem na Praça Góes Calmon, de 9h às 20h, durante os dias do evento (entre 24 e 27 de outubro).

A Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) é uma apresentação do Governo do Estado da Bahia, realização da Icontent e Cali, patrocínio da Coelba via Fazcultura e Governo do Estado, apoio institucional da Rede Bahia e apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA FLICA 2019

Foto: Divulgação/GOVBA
Durante o tradicional evento literário, que acontece no município de Cachoeira, serão realizadas oficinas, feira, rodas de diálogo, exibição de filmes e atividades artístico-culturais. As ações tem como objetivo  colocar em em evidência os produtos e as experiências de associações, cooperativas e grupos produtivos do segmento solidário.

“A Flica é mais um espaço estratégico para a geração de renda dos empreendimentos atendidos pelos Centros Públicos, por isso vamos garantir, mais uma vez, toda a infraestrutura necessária para exposição e venda dos produtos da economia solidária”, destaca o titular da Setre, Davidson Magalhães.

PROGRAMAÇÃO
24/10 - QUINTA
16h - ABERTURA OFICIAL DO FESTIVAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA
Comercialização de produtos no festival de economia solidária (De 24 à 27/10, Praça Góes Calmon, das 09 às 20h)

PROGRAMAÇÃO CASA DO GOVERNO NA FLICA 
Instituto Hansen Bahia
Sexta – 25/10
SETRE - Agenda Bahia do Trabalho Decente – Eixo Promoção da Igualdade de Gênero e Raça
16h – Lançamento do livro: “Racismo linguístico: Os subterrâneos da linguagem e do racismo” (Editora Letramento) Autor :  Gabriel Nascimento.  O livro se propõe  teorizar sobre a relação sempre íntima entre linguagem e racismo.

Sobre o autor - Gabriel Nascimento dos Santos
Graduado em Letras Inglês Português pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), na Bahia. Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade de Brasília (UnB) e doutorando em Letras pela Universidade de São Paulo (USP). É professor de Língua Inglesa na Universidade Federal do Sul da Bahia no Campus Sosígenes Costa, em Porto Seguro-BA. É autor dos livros "O Maníaco das Onze e Meia" (Editora Multifoco) e "Este fingimento e outros poemas" (Editora García).