FLICA

História através de imagens: projeto 'Escolas Culturais' reúne estudantes de Cachoeira

Os jovens, através da cobertura colaborativa, trabalham com elementos como fotografia, podcast e vídeo

Lucas Mascarenhas* (lucas.mascarenhas@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Durante a nona edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), estudantes da cidade tiveram a oportunidade de trabalhar com a comunicação através do projeto "Escolas Culturais".

Foto: Lucas Mascarenhas / iBahia
A ação que engloba as secretárias de Educação, Secult, Casa da Moeda e Secretaria De Justiça, Direitos Humanos E Desenvolvimento Social, reuniu estudantes de escolas e da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) para a cobertura da Flica.

"A intenção do projeto é fazer com que as escolas se tornem um núcleo vivo, um núcleo de cultura. Estamos indo para o segundo ano das Escolas Culturais e pela primeira vez estamos fazendo uma ação diferenciada na Flica", explica a coordenadora do projeto, Carla Almeida.


Os jovens, através da cobertura colaborativa, trabalham com elementos como fotografia, podcast e vídeo, onde levam um pouco da sua realidade para dentro dos formatos.

"Existem dois elementos extremamente importantes que são o protagonismo e a identidade. Eles estão lidando com o audiovisual dentro do contexto de contar histórias através de imagens, vendo seu próprio povo produzindo, falando e recitando na Flica, o que faz parte do crescimento profissional e social do outro", finaliza.

* Sob supervisão e orientação do editor-chefe Rafael Sena.