FLICA

Último dia da Fliquinha tem contação de histórias e espetáculo musical

Os autores Sérgio Perez, Ana Paula Mira, Palmira Heine e Luiza Meireles apresentaram suas histórias

Lucas Mascarenhas* (lucas.mascarenhas@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Neste domingo (27), a Fliquinha se despediu do público em grande estilo. No Cine Theatro Cachoeirano, a mediadora Mira Silva conversou sobre a importância do evento para as crianças.

Foto: Lucas Mascarenhas / iBahia

“É uma satisfação muito grande fazer a Fliquinha, pensar no que a gente vai trazer para as crianças e quem vai estar conversando com elas. O cuidado de trazer o livro, que para muitas é o primeiro contato com ele. A gente precisa fazer de tudo pra fazer com que o livro chegue cada vez mais perto do ser humano, que as histórias cheguem perto das pessoas”, disse.


Os autores Sérgio Perez, Ana Paula Mira, Palmira Heine e Luiza Meireles apresentaram suas histórias infantis, com muita música, participação da plateia e sorteio de brindes.
Foto: Lucas Mascarenhas / iBahia

O autor Sérgio Perez mostrou a história de “A lagarta que sonhava voar”, lido pela Mira Silva. Ana Paula Mira apresentou o livro “As Palavras de Jade”, enquanto Palmira Heine trouxe muita música para o conto de “Mila - a pequena sementinha. Quem fechou o bloco das contações de histórias foi a pequena autora Luiza Meireles, de 9 anos, com “A menina que morava no hotel de cabeça para baixo”.

Para fechar o último dia da Fliquinha, o grupo Corrupio fez uma apresentação musical.

*Sob supervisão e orientação do editor-chefe Rafael Sena.