FLICA

Vida longa à Flica: nona edição da festa literária começa nesta quinta (24)

Evento, que é gratuito, será realizado em Cachoeira (BA) entre os dias 24 e 28 de outubro

Isadora Sodré (isadora.sodre@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O movimento na cidade e a casa cheia logo na primeira mesa do primeiro dia do evento só demonstram uma coisa: a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) é consolidada e é um sucesso. Neste ano, a Flica tem como homenageada a escritora Gláucia Lemos e tem como curadora Kátia Borges. 

Foto: Divulgação

A Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica) é uma apresentação do Governo do Estado da Bahia, realização da Icontent e Cali, patrocínio da Coelba via Fazcultura e Governo do Estado, apoio institucional da Rede Bahia e apoio da Prefeitura Municipal de Cachoeira.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA FLICA 2019

Entre os dias 24 e 27 de outubro, aqueles que passarem pela cidade de Cachoeira (BA) poderão aproveitar gratuitamente de uma série de debates, eventos, apresentações artísticas e uma programação para as crianças promovidas pela Flica.

Foto: Divulgação
Durante o evento de abertura, o gerente executivo da Icontent, Luis Moreira, classificou a Flica como um agente de transformação e pontuou a importância do evento ser realizado no Recôncavo.  

“Cachoeira é marcada por vitórias em suas lutas, pela obstinação em seus combates e pela força do seu povo. Hoje isso virou legado: da economia à cultura, da literatura à educação, da festa à celebração”, ressaltou Luis Moreira. 

Foto: Divulgação
A secretária de educação do estado da Bahia, Arany Santana, pontuou a relevância do evento para todo o país e de como a literatura pode contribuir para a ampliação da cidadania e para a formação da juventude. 

“É necessário ouvir os jovens, formular leitores, descobrir novos leitores e novos talentos.Desta forma, é possível renovar a  literatura brasileira e contribuir para desenvolvimento humano”, disse a secretária.

Foto: Divulgação
Durante a abertura, o prefeito de Cachoeira, Tato Pereira, reforçou a parceria com a Flica e renovou o apoio para a próxima edição do evento. “A festa é importante para todo o Recôncavo e gera renda para toda a região. Acredito que dinheiro destinado à cultura não é gasto, é um verdadeiro investimento”, afirmou. 

O superintendente da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), Leonardo Santana, reforçou que existe para a empresa de apoiar eventos como a Flica. 


“Nós trouxemos para a cidade uma programação especial voltada para o consumo consciente, além de outras ações que estão espalhadas pelas ruas. A Coelba fica honrada de patrocinar eventos como esta festa literária e isso, para nós, é um motivo de orgulho”, pontuou.