Galera curtiu vitória do Brasil em bares, Ribeira e Pelourinho


Trânsito livre e silêncio nas ruas do Centro de Salvador no meio da tarde de quarta. Quem procurou explicação para isso encontrou nas bandeiras do Brasil nas janelas e nos grupos reunidos de frente para uma TV. No Largo do Terreiro de Jesus, no Pelourinho, centenas de pessoas acompanharam o jogo do Brasil. “Fecharam várias lojas na Avenida Sete. Na que eu trabalho, umas 15h30 descemos correndo para garantir um bom lugar”, contou o vendedor Carlos Souza Júnior.

Teve quem optasse em torcer provando da culinária baiana e com a animação de Clarindo Silva. “Vamos lá que dá Brasil!”, dizia Clarindo à clientela do restaurante Cantina da Lua, também no Terreiro. E não é que o jogo foi mesmo 2×1, como ele arriscou logo no início do primeiro tempo? Ponto pra Clarindo. Houve ainda telões de exibições públicas oficiais da Fifa instalados na Avenida Beira Mar, na Ribeira, e no Campo da Pronaica, em Cajazeiras X.Quem esteve no Pelourinho sentiu falta dos tambores do Olodum, que tradicionalmente animam as partidas da Seleção Brasileira. Mas, para garantir a festa da galera e manter o ritmo junino, Val Macambira comandou a comemoração após o jogo.