Gastronomia

Colecionador de prêmios, cacauicultor João Tavares participa de live do Chocolat Festival

Entre eles dois como melhores amêndoas de cacau do mundo, o International Cocoa Awards, concedido no Salon du Chocolat de Paris

Redação iBahia

O melhor chocolate que a Rainha Elizabeth II declarou já ter provado foi o brasileiro Aquim Q0, feito com cacau do baiano João Tavares. O produtor, que tem fazenda em Uruçuca, Sul da Bahia, acumula diversos prêmios, entre eles dois como melhores amêndoas de cacau do mundo, o International Cocoa Awards, concedido no Salon du Chocolat de Paris. 

Tavares fornece suas cobiçadas amêndoas para grandes nomes internacionais da gastronomia, a exemplo do francês Alain Ducasse, chef com o maior número de estrelas Michelin acumuladas. Ducasse utiliza as amêndoas produzidas pelo baiano na sua Le Chocolat, considerada a meca do chocolate na França. 

É com João Tavares que conversa o empresário Marco Lessa na live promovida pelo Chocolat Festival nesta quinta-feira (21). O encontro virtual traz as raízes e a trajetória de sucesso do produtor e acontece às 17h no perfil @chocolat.festival.