Gastronomia

Festival de cachaça começa nesta terça e destaca rótulos baianos

Moagem acontece até domingo em seis restaurantes da capital

Daniel Silveira, do Correio 24 Horas

A partir desta terça-feira (12), Salvador recebe o Festival Moagem – Harmonizar com Arte de Alambique, que acontece em seis restaurantes da capital tendo cachaças artesanais como tema e dando destaque para as bebidas produzidas na Bahia. Participam do festival os restaurantes o Pysco (Santo Antônio Além do Carmo), Amado (Comércio), Origem (Pituba) Porto Bardawe (Imbuí), La Taperia e Santa Maria, Pinta y Nina (ambos no Rio Vermelho). 

Pratos especiais produzidos com cachaça pelos chefs de cada uma dessas casas, drinks e doses das melhores marcas baianas serão acompanhados das dicas e orientações da Cachacière (uma sommelière dedicada a cachaça) Isadora Bello Fornari, uma das mais requisitadas especialistas no assunto em todo o país.


O Moagem é uma realização da importadora de Cachaças Espanhola Engenho Brasil, liderada pela hispano-baiana Presentación Gonzalez e seu sócio, o turismólogo Cássio Carmo, ambos aficionados pela arte dos alambiques. A ideia é valorizar a principal bebida nacional e elevá-la ao patamar dos grandes destilados mundiais entre os próprios brasileiros. Os restaurantes participantes são de diversos estilos gastronômicos a fim de demonstrar a versatilidade da cachaça nas mais diversas apresentações e combinações harmônicas, bem como a possibilidade que o destilado tem de agradar a uma ampla gama de consumidores.

O público vai poder escolher entre o consumo avulso ou participar do jantar harmonizado e orientado por Isadora Bello Fornari para aprender as melhores formas de apreciação da cachaça e sobre a sua harmonização com os alimentos e outras bebidas.

Para acompanhar o jantar exclusivo, que inicia sempre às 20 horas, é necessário inscrever-se previamente. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (71) 99170-8648 ou pelo e-mail contato@engenhoimportadora.com.br. Também é possível reservar anteriormente nos restaurantes participantes. A cada noite, Isadora visitará um dos restaurantes participantes e receberá apenas 20 pessoas. É possível também comprar um pacote para acompanhar todo o roteiro ao longo dos seis dias de evento.

Durante as tardes, o Moagem vai levar Isadora para treinar as equipes de atendimento dos restaurantes e qualificá-las com informações sobre a bebida como a história, método de produção, modos de servir, vocabulário específico, análise de qualidade, e a própria harmonização.

Confira o roteiro dos jantares harmonizados:

12/12 – Pysco (Santo Antônio Além do Carmo)

13/12 – Amado (Comércio/Contorno)

14/12 – Origem (Pituba)

15/12 – Porto Bardawe (Imbuí)

16/12 – La Taperia (Rio Vermelho)

17/12 – Santa Maria, Pinta y Nina (Rio Vermelho)