Gastronomia

Henrique Fogaça fecha restaurante no Rio e demite 200 funcionários

Chef revelou que a dívida chega aos R$ 500 mil

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

A pandemia causada pelo novo coronavírus atingiu também a gastronomia. O chef Henrique Fogaça revelou, em entrevista a José Luiz Datena, no Youtube, que precisou fechar o seu restaurante em um shopping do Rio de Janeiro.


"Um mês você segura, dois meses você vai pro buraco", contou ele, que precisou demitir 200 funcionários dos três estabelecimentos - além do Rio, ele tem mais dois restaurantes em São Paulo.

Fogaça revelou ainda que o prejuízo é bem alto: "só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado: o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo".

Para se reerguer, ele conta com a reabertura dos restaurantes paulistanos, no próximo dia 15 e até já planejou como vai mudar o formato do atendimento: "vão ter mesas com distanciamento. Tenho 100 lugares, vou abrigar 50 pessoas. Será uma nova forma de trabalho".