Gastronomia

Jovens empresários baianos inovam e lançam marca de licor durante a pandemia

“São bebidas artesanais, exclusivas, com notas, aromas e texturas diferenciados. Foram criadas para serem consumidas em qualquer época do ano, puras ou como base para drinks",explica o chef Evandro Magno

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Diante dos prejuízos causados na economia pelo Coronavírus, dois jovens baianos viram em um novo negócio uma oportunidade para driblar a crise. O Administrador de Empresas Iuri Paulino e o Chef de Cozinha Evandro Magno apostam na produção de licores especiais que prometem trazer uma nova tendência para o mercado: o consumo da bebida em qualquer época do ano. A marca Sonatta Licores surge simbolicamente no período do festejo junino, mas com a promessa de estar à mesa dos baianos o ano inteiro.

“São bebidas artesanais, exclusivas, com notas, aromas e texturas diferenciados. Foram criadas para serem consumidas em qualquer época do ano, puras ou como base para drinks, em diversas ocasiões, como festas de casamento, aniversário e refeições, como
jantares românticos e almoços em família”, explica o chef Evandro Magno.

Iuri é empresário do setor de eventos desde 2006. Além de ter calendário fixo na Bahia, ele também é responsável pela organização de eventos em todo o país. Antes da pandemia ele fazia pelo menos um ao mês, gerando dezenas de empregos diretos e indiretos. "O setor de eventos foi o primeiro a parar com a pandemia . No ano passado consegui girar cerca de um milhão e 200 mil reais e neste ano não cheguei nem a 10 por cento disso e estamos sem perspectiva de retorno", contou o empresário.

Foram investidos 30 mil reais, desde insumos, maquinário e marketing. A expectativa é que todas a 1.100 garrafas do licor sejam vendidas no lançamento e que ainda este ano o investimento retorne. O lucro varia de 40 a 55 por cento a depender do sabor. A previsão é
de triplicar a produção ainda em 2020.

Como surgiu a ideia
Com 12 anos de trajetória profissional, há quatro anos Evandro começou na arte de criar licores. Inicialmente o chef produzia para amigos e familiares. Depois da experiência com pequenos grupos, começou a testar as bebidas em eventos maiores, como o próprio
casamento. As receitas fizeram sucesso e se consolidaram. Foi quando recebeu a proposta do amigo Iuri Paulino para lançar o Sonatta Licores.

“Enxergamos um momento oportuno mesmo com toda essa adversidade. Diante das limitações as pessoas estão buscando formas de se entreter, ainda que nesse contexto restrito ao ambiente de casa. A degustação de sabores diversificados e não convencionais de licores, sem dúvidas irá proporcionar um momento de prazer e descontração, agregando uma possibilidade de comemoração em novo formato”, afirmou Iuri.

Os licores começam a ser feitos pela seleção das frutas em seu melhor momento para a extração da polpa, como explica o chef Evandro. “Depois ela é colocada junto com o xarope de açúcar e com o álcool potável de cereais para maturação. Cada sabor tem um tempo específico, que varia em média de 15 dias a 3 meses. Quanto maior a maturação melhor, porém existe um limite. A legislação brasileira só permite o prazo de até dois anos para licores caseiros, como é o nosso caso”, comenta.

Confira os sabores

MARACUJÁ COM ESPECIARIAS - tipo fino, o carro chefe. É uma boa sobremesa após
refeições, pode ser servido puro em festas, ou como base de drinks de todos os tipos.
MORANGO - tipo cremoso, mas sem leite, indicado aos intolerantes e como base de muitos
drinks.
HIBISCO E FRAMBOESA - tipo fino, o adocicado vem da frutose, um açúcar natural da
fruta. Experimente tomá-lo com gim ou com espumante e tenha uma experiência
inesquecível.
CAJU - tipo fino, um sabor inusitado na elaboração de drinks. Também é bom para abrir o
apetite
DOCE DE LEITE - tipo cremoso, feito com doce de leite artesanal do chef. Uma delícia!
FRUTAS VERMELHAS - tipo fino, preparado com mirtilo, amora, framboesa e morango, é
para quem gosta de bebidas mais adocicadas.
COCO - tipo fino, excelente para abrir o apetite antes das refeições ou como componente
de uma boa mesa de digestivos.
CHOCOLATE - tipo cremoso, feito com blend de chocolates belga e italiano.
PITANGA - tipo fino. Este licor tem aroma forte, diferenciado e se destaca em qualquer
ocasião.