Juntos Pela Prevenção

Bahia mantém medidas restritivas; objetivo é reduzir taxa de contaminação para menos de 3%

Medidas aplicada pelo Governo do Estado resultaram na diminuição da taxa de contaminação

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
O combate ao novo coronavírus segue na Bahia com a manutenção das medidas restritivas em diversas partes do estado. São quase 19 mil casos confirmados, com quase 7 mil recuperados e mais de 11 mil pessoas monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. 

As medidas de restrição aplicada pelo Governo do Estado resultaram na diminuição da taxa de contaminação. A antecipação dos feriados do São João e Independência da Bahia para os dias 25 e 26 de maio, respectivamente, foi avaliada como positiva pelo governo, com a taxa de contaminação caindo para 4% na Bahia. O objetivo agora, de acordo com o governo, é chegar a um patamar de 2,5% a 3%.

Foto: Eloi Corrêa / GOV BA

Além da diminuição da contaminação, na última semana de maio a Bahia se manteve por quatro dias com a estatística de pacientes ativos sem crescer, o que foi considerado um avanço pelas autoridades

Toque de recolher 

Entre as medidas restritivas, o toque de recolher foi implementado na cidade de Jequié, inicialmente anunciada pelo governador no dia 15 de maio, foi ampliada até o dia 7 de junho. 

O objetivo é diminuir a circulação de pessoas nas ruas da cidade e assim provocar uma queda na velocidade de disseminação do novo coronavírus. Estão proibidas durante o período a circulação de pessoas e qualquer atividade comercial, com exceção de farmácias, das 17h às 5h.

Suspensão de transportes

Para evitar a transmissão do coronavírus entre municípios, já são 264 os municípios com transportes intermunicipais suspensos, o que significa que  estão suspensas a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans, em municípios com casos confirmados de coronavírus em um intervalo inferior a 15 dias. O decreto foi prorrogado pelo governador até 21 de junho.

Outras medidas

Ainda estão mantidas, até o dia 21 de junho, as restrições eventos e atividades com a presença de público superior a 50 pessoas, ainda que previamente autorizados, que envolvem aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. 

Além disso, zoológicos, museus, teatros seguem fechados e jogos de futebol seguem sem autorização para acontecer. 

As aulas nos ensinos públicos e privados em todo estado também seguem suspensas até o dia 21 de junho.