Mapas Juninos

Cerca de 1,5 milhão de pessoas deixam a capital baiana em direção ao Interior do Estado

As festas juninas movimentam o comércio local das cidades e gera 140 mil empregos temporários

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Os festejos juninos aquecem o turismo e o comércio local. Nesse período mais de 300 municípios baianos se prepararam para receber pessoas de várias cidades baianas e até de outros estados. As festas de São João atraem patrocínio e movimenta serviços como hotéis, pousadas e restaurantes. 

De acordo com o Secretário do Turismo da Bahia, José Alves, o governo organiza a logística da festa para atender da melhor forma os turistas. O sistema de ferry-boat está preparado para conduzir  120 mil passageiros e mais de 22 mil veículos neste fim de semana. A rodoviária tem mais de 1.800 horários extras e a expectativa de atendera 170 mil pessoas no período.

Já as empresas responsáveis por gerenciar as rodovias baianas Concessionária Litoral Norte (CLN) e ViaBahia Concessionária de Rodovias prevem mais de 500 mil veículos ao todo nas estradas. Sendo 60 mil pela Estrada do Coco a caminho do Litoral Norte e 550 mil nas BR. 

Segundo a secretária de turismo da Bahia, cerca de 1,5 milhão de pessoas deixam a capital baiana em direção ao Interior do Estado, gerando receita bruta de aproximadamente R$ 700 milhões em mais de 300 cidades. Os números são indicadores de como a festa fomenta a economia, por meio do turismo, comércio, alimentação, transporte e lazer. O contribui na geração de cerca de 140 mil empregos temporários.

Entre os destinos mais procurados no interior baiano durante o São João estão Senhor do Bonfim, Amargosa, Santo Antônio de Jesus, Ibicuí, Piritiba, Euclides da Cunha e Cruz das Almas.