Meu Primeiro Apê

Confira erros comuns em obras e evite dores de cabeça

Todo processo de reforma requer planejamento e organização

Especial de Conteúdo
- Atualizada em


Oferecimento
Em todo processo de mudança, uma palavra costuma causar bastante dor de cabeça: a reforma. Isso porque reformar um apartamento, de fato, dá trabalho. No entanto, é possível tornar muito mais fácil se evitarmos erros comuns nesse processo.

Entulhos, paredes quebradas e poeira passam a ser companheiros do dia a dia durante a obra, mas com planejamento os inconvenientes serão muito menores. E é justamente a falta de planejamento um dos erros mais comuns quando o assunto são as reformas. Iniciar todo esse processo sem ter um projeto definido é sinônimo de correr o risco de ter trabalho e - o pior - gasto em dobro. Ou seja, é essencial saber o que deseja ser alterado, além de orçar os gastos pesquisar os materiais necessários e profissionais que te ajudarão nesse processo.
É a partir de um bom planejamento, inclusive, que você conseguirá evitar outros erros durante a reforma. Contratar um empreiteiro ou pedreiro sem referência ou indicação é um deles. Outro ponto que já deve ser definido é a quantidade de material de construção. Caso você compre a quantidade errada de azulejos ou pisos e precise comprar novamente, o novo lote pode não ser igual ao anterior. A dica aqui é comprar material com excedente de 10%.

Outro erro bastante comum é esquecer a instalações elétricas e hidráulicas. Quebrar as paredes e fazer instalações são partes dentro de uma reforma que dá bastante trabalho, então negligenciá-las irá causar muita dor de cabeça. Bons projetos de elétrica e hidráulica, realizados de acordo com as normas de segurança e bem dimensionados, são imprescindíveis para o conforto e segurança dentro do apartamento.

Indo para a parte 'externa' da obra, que inclui a decoração, escolher a tinta sem testar a cor no ambiente à luz do dia é também um grande erro. É importante lembrar que um tom é composto por vários pigmentos e, na parede, pode ficar diferente do que está na lata ou na amostra. O ideal é, antes de sair comprando dezenas de galões de tinta, experimentar a cor em um metro quadrado, esperar secar e ver o resultado à luz do dia e com luz artificial.

A hora da compra dos móveis também requer cuidados. É necessário checar se eles servem no ambiente, para não ficar com um objeto inútil em casa. Para não ter erro, meça o tamanho das portas e do elevador antes de comprar móveis maiores, como sofás e estantes, ou eletrodomésticos, como geladeira e máquinas de lavar.

Para acelerar a obra
Além de evitar atrasos na reforma, é possível tomar alguns cuidados também para acelerar as obras. Ao se mudar, faça contato com síndico do seu novo prédio e o informe sobre qualquer mudança que queira fazer no apartamento para não correr o risco de ter a obra embargada.

Seja uma pessoa organizada e tenha pelo menos 80% do valor da reforma antes do início e faça uma reserva para imprevisto. Em relação ao pagamento, só pague após determinada etapa ser concluída. Estipule um valor para multa se a reforma extrapolar o prazo estipulado.