Meu Primeiro Apê

Conforto é palavra chave na decoração; saiba como funciona na prática

Casa remete a um local acolhedor, um espaço que tenha a cara dos moradores e seja confortável para cada necessidade

Especial de Conteúdo
- Atualizada em


Oferecimento
Não adianta ter um apartamento lindo, se ele não for funcional e confortável. Com uma rotina corrida, o que também as pessoas buscam ao chegar em casa é conforto. A casa remete a um local acolhedor, um espaço que tenha a cara dos moradores e seja confortável para cada necessidade.

À primeira vista, o conforto está relacionado apenas a disposição e da qualidade de móveis que são utilizados para descansar, como sofás, poltronas, puffs e cama. No entanto, esse conceito pode ser alcançado também de outras formas. O conforto visual é alcançado através de uma iluminação adequada, por exemplo.
Foto: Reprodução / Pinterest
Vale ressaltar que não necessariamente um apartamento pequeno será menos confortável do que um grande, com mais espaço. Para garantir a comodidade, é preciso pensar não só no espaço, mas também em fatos como clima e funcionalidade. Um móvel com um tecido que puxa calor, como a lã, por exemplo, não é confortável em uma cidade quente como Salvador.

Um sofá cama pode não ser a melhor opção para um quarto e para ser utilizado todas as noites para dormir, no entanto, na sala ou na sala de TV, ele trará conforto a quem estiver vendo televisão, por exemplo.

As idades dos moradores do apartamento também influenciam no conforto. Para os bebês, móveis com dispositivos de segurança e cores claras nas paredes são essenciais para o bem estar. Apartamentos com pessoas com dificuldade de locomoção devem evitar escadas e muitos móveis, para evitar acidentes.