Meu Primeiro Apê

Integração de ambientes é opção para quem quer otimizar espaço e ganhar mais conforto

Integrar o interior do apartamento também proporciona maior interação entre as pessoas que vivem na casa

Especial de Conteúdo


Oferecimento
Atualmente, achar apartamentos grandes por um valor que caiba no bolso está cada vez mais difícil. A realidade mais comum são imóveis sem tanto espaço, mas que nada impede de torná-lo confortável e aconchegante.

Há algumas boas opções para otimizar o espaço do seu apartamento, e uma delas é a integração de ambientes. Além disso, integrar o interior do apartamento proporciona maior interação entre as pessoas que vivem na casa.

Integrar a sala de jantar com a sala de estar, por exemplo, é uma das melhores opções para ganhar mais espaço. Com a integração desses dois cômodos, a casa terá espaços mais bem aproveitados.

Foto: Reprodução / Instagram / Arquitetura de Interiores
Outra possibilidade de integração é da própria sala com a cozinha ou da varanda com a sala. Dessa forma, a cozinha ficaria unida ao cômodo sem o uso de paredes para delimitar os ambientes. No entanto, a integração não deve ser feita simplesmente com a retirada de paredes. É preciso ficar atento a algumas questões, para que a estética do apartamento faça sentido.

Primeiro, à questão estrutural. O projeto da edificação identificará de que forma e quais paredes podem ser retiradas. Depois, nas mudanças que serão feitas. Por exemplo, é importante criar uma unidade no piso dos ambientes que serão integrados. Ou seja, o piso deve ser um só pelo maior número de cômodos possível. Uma dica é usar pisos frios, como porcelanato, que se adequam a diversos espaços da casa.

As cores também serão aliadas nesse processo de integração. Apartamentos pequenos combinam com o monocromático, tanto em paredes, quanto cortinas e portas, por exemplo. As cores mais vibrantes podem ser utilizadas na decoração: quadros, plantas, almofadas e objetos soltos.