Moda e Beleza

Bichectomia está na moda; entenda os mitos e verdades sobre procedimento

Objetivo é o afinamento do rosto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Você já ouviu falar de bichectomia? O procedimento estético tem sido procurado por pessoas que desejam afinar o rosto através da retirada da Bola de Bichat, uma bolsa de gordura que fica acumulado na região entre a maçã do rosto e a mandíbula. Com o crescimento da procura pelo procedimento, o cirurgião bucomaxilofacial Dr. Fábio Ricardo Loureiro Sato separou uma lista de suposições sobre a bichectomia para desmistificá-los. Confira se são mito ou verdade.

A bichectomia é indicada para qualquer tipo de face e sempre causa um afinamento facial

Mito. A cirurgia é indicada para faces onde exista esse acúmulo de gordura facial. Entretanto, é importante que se faça um diagnóstico correto, pois algumas alterações podem ser facilmente confundidas com as bochechas gordinhas e a cirurgia não será eficiente para afinar o rosto

O resultado da cirurgia é definitivo

Verdade. Por remover o tecido adiposo, a ideia é que o resultado da cirurgia seja permanente, sem necessidade de outros procedimentos complementares.

Ficam cicatrizes externas

A recuperação é rápida

Verdade. Após a cirurgia os pacientes já conseguem voltar ao trabalho depois de aproximadamente 3 a 5 dias.

A bichectomia deixa o rosto mais jovem?

Verdade. O excesso de bochechas normalmente faz com que as pessoas tenham um aspecto mais envelhecido, e ao melhorar essa característica as pessoas ficam com um aspecto mais jovial.

Ao ficar mais velho o rosto vai ficar envelhecido?

Mito. Na cirurgia de bichectomia só é removido uma parte da bola de bichat, e a remoção desse tipo não vai ter nenhum impacto negativo no futuro em relação ao envelhecimento da face, pois a gordura do tecido subcutâneo que dá sustentação à pele é mantida.

A bichectomia é um procedimento simples e totalmente livre de riscos

Mito. Apesar de ser um procedimento relativamente rápido (aproximadamente 45 minutos a 1 hora de cirurgia), se não realizado por um profissional capacitado, ela pode gerar graves problemas como hemorragias, infecção, lesão aos ductos da glândula salivar e ao nervo facial, que podem ocasionar uma paralisia facial.

É um procedimento realizado somente por mulheres

Mito. A grande maioria dos pacientes são mulheres que desejam ter um rosto fino, entretanto muitos homens também buscam por esse tipo de cirurgia.

A bichectomia é um procedimento doloroso

Mito. O procedimento é realizado sob anestesia local e sedação, sendo totalmente indolor durante e depois da cirurgia.

Remover as bolas de bichat podem remover as covinhas ou alterar a espessura da pele

Mito. As covas permanecem após a bichectomia pois elas representam inserções musculares entre a pele e o osso, e não tem nada a ver com a gordura facial. E por ser removida de forma localizada, não há alteração em relação à espessura facial

Apesar de ser um procedimento cirúrgico de pequeno porte e rápido, ele não é isento de complicações. Por isso, conforme ressalta o Dr. Fábio Sato, ele deve ser feito com especialistas e profissionais experientes para se conseguir os melhores resultados com segurança para os pacientes.