Moda e Beleza

Dermatologista ensina cinco cuidados essenciais com a pele na primavera

"Apesar de não estarmos ainda no alto verão é recomendado não descuidar do uso regular do filtro solar", indicou Camila Moulin

Redação iBahia (redaco@portalibahia.com.br)

Preparada (o) para aproveitar a estação mais florida do ano? De acordo com a dermatologista Camila Moulin, a pele durante a primavera, que começa oficialmente no dia 23 de setembro, exige cuidados especiais, pois os dias ficam mais longos e a quantidade de radiação ultravioleta oscilam assim como as temperaturas.

"Apesar de não estarmos ainda no alto verão é recomendado não descuidar do uso regular do filtro solar. Recomendo reaplicar o produto a cada 4 horas. Abuse de sombrinhas, roupas com filtro solar, chapéus e óculos escuros para ter uma maior proteção", aconselhou Camila.

Foto: reprodução / Boa vida Online
Para te ajudar a manter a pele sempre bem cuidada, Camila Moulin separou algumas dicas. Confira:

1- Hidrate a pele: o clima ainda está seco e é preciso repor a água que perdemos, mesmo que a pele seja oleosa. "Lembre-se que óleo e água não são a mesma coisa. Há excelentes hidratantes para uma pele mista ou oleosa, que podem ser prescritos por dermatologista após uma análise minuciosa do seu tipo de pele. Produtos a base de ácido hialurônico são imbatíveis", aconselhou a dermatologista.

2- Esfoliação: é importante para remover a pele morta. Invista em esfoliação suave duas vezes por semana.

3- Uso do hidroxiácidos: eles são menos irritantes que o ácido retinóico. A primavera é um excelente momento também para iniciar depilação definitiva visando o uso de biquínis no verão -  o que também ajuda a controlar casos de foliculite.

4- Procedimentos estéticos: tratamentos que ajudam a retardar os sinais do envelhecimento são recomendáveis na primavera: ajudam a minimizar os danos que o tempo seco do inverno provocou. Toxina Botulínica e Preenchimento costumam ter uma excelente resposta nessa época.

Outro tratamento interessante é o Ultraformer 3, que pode realizar uma espécie de "lifting sem cortes" nos mais velhos ou até mesmo uma espécie de "banco de colágeno" em pacientes mais jovens interessados em envelhecer com uma pele saudável.

5- Observe a descrição dos produtos: é  importante certificar-se de que os produtos utilizados em casa são mesmo os recomendados para a estação.

A dermatologista ainda reforçou a importância de sempre buscar orientação com um especialista.