Moda e Beleza

Especialista lista cinco dicas para cuidar da pele no inverno

Médica e dermatologista destaca a importância de ter uma rotina de cuidados diários com a pele

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A pele é o maior órgão do corpo humano, e quando chega o inverno, ela fica mais seca em razão da queda de temperatura e umidade característica da estação em Salvador. Portanto, é preciso aumentar os cuidados com a saúde e beleza da pele. A médica e dermatologista Mirela Pelissari indica que é importante ter uma alimentação adequada, uso de protetor solar, hidratar a pele e ingerir no mínimo 2 litros de água por dia.

“Quando o tempo esfria, as pessoas costumam ingerir menos líquidos e tomar banhos mais quentes e demorados, o que altera a composição do manto hidrolipídico, um hidratante natural produzido pelo organismo que protege a pele”, destaca Mirella. A dermatologista aconselha usar hidratante corporal imediatamente após o banho, lembrando que esse é o melhor momento para garantir uma pele hidratada. Não se deve esquecer dos hidratantes labiais, pois esses sofrem fissuras no inverno quando não são bem cuidados.

Confira cinco dicas para cuidar da pele no inverno:

Foto: Divulgação

#1 Álcool free
Muitos produtos voltados para a limpeza e cuidados diários possuem álcool em suas fórmulas. “No verão, ele pode ser útil para remover o excesso de oleosidade e dar uma sensação agradável de frescor no rosto. No inverno, no entanto, o álcool pode ser agressivo, principalmente para peles que já são secas. Se esse for o seu caso, troque as fórmulas muito adstringentes por opções mais suaves”, destaca Mirella.

#2 Hidratações profundas
Do mesmo jeito que você deve beber bastante água para manter todos os órgãos do corpo hidratados, é importante intensificar a hidratação da pele com loções mais cremosas de ação profunda. “A hidratação é fundamental não apenas para evitar o ressecamento, mas também para manter a pele em seu pleno funcionamento, prevenindo sinais do tempo e do próprio dia a dia que agridem sua superfície, como a poluição, assim como prevenindo doenças de pele”.

A hidratação profunda da pele por meio de ácido hialurônico injetável, conhecido como Skinbooster, é um procedimento muito indicado para a estação mais fria, principalmente para aqueles pacientes que usam apenas hidratação através de cremes tópicos e que não são suficientes.

#3 Proteção nas 4 estações
Não é porque o inverno faz menos calor que o sol vai deixar de agredir a pele. “O filtro solar é necessário todos os dias do ano, independentemente da temperatura. Os raios solares UVs e a luz visível causam danos na pele mesmo no inverno. É imprescindível o uso de protetores solares acima de FPS 30."

#4 Cuidando da beleza
O inverno é a estação mais adequada para realizar alguns tratamentos dermatológicos que demandam que o paciente evite a exposição ao sol, como peelings, tratamentos a laser e uso de ácidos.

#5 Alimentação adequada
Não adianta cuidar da pele e ignorar a alimentação. “Inserir legumes, hortaliças e frutas no cardápio é fundamental em todas as épocas do ano, mas é ainda mais necessária no inverno, já que a pele demanda mais cuidados e hidratação. Vale lembrar que uma pele saudável, macia e elástica é reflexo de um corpo hidratado”, salienta a dermatologista. Invista em alimentos que são fontes de vitaminas e minerais que neutralizam os radicais livres e, assim, previnem o envelhecimento da pele. Castanhas, nozes e amêndoas, por exemplo, são ricas em vitamina E, selênio e antioxidantes, importantes aliados para manter a pele saudável e bonita. Além disso, frutas ricas em vitamina C, como acerola, laranja, limão e cereja; e vegetais, como brócolis, repolho e  cenoura, são exemplos de alimentos indicados para esta estação.