Moda e Beleza

Já ouviu falar em 'fox eyes'? Entenda procedimento que promete 'olhos de raposa'

Confira as técnicas mais usadas para obter o olhar alongado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


Você já ouviu falar em 'fox eyes'? A técnica, que promete olhar alongado, ganhou força nos salões de beleza, maquiagem e agora promete chegar no universo de estética com um procedimento que objetiva estender o olhar e dar efeito gatinho. Mas, você sabe como ele funciona?

“O Fox Eyes tem como objetivo elevar a cauda da sobrancelha, provocando uma angulação na região do canto dos olhos. Existem algumas técnicas possíveis para obter o efeito, e o dermatologista vai escolher a técnica de acordo com a necessidade de cada paciente”, explicou o dermatologista Amilton Macedo.

No entanto, vale ressaltar que o procedimento exige habilidade na execução. Portanto, deve ser realizado por dermatologistas ou cirurgiões plásticos a fim de evitar hematomas ou até mesmo queda da pálpebra.



Confira as técnicas mais usadas para obter o Fox Eyes.

Toxina botulínica (botox):
é aplicada na cauda da sobrancelha e na região lateral dos olhos para elevar a extremidade externa  e promover o relaxamento de musculaturas específicas, o que contribui para o efeito desejado.

Ultrassom macro e microfocado:
proporciona um efeito mais natural. O equipamento promove pontos de coagulação internos que causam a contração e consequente elevação muscular que desloca levemente a extremidade externa da sobrancelha para cima.

Laser Fotona: o equipamento utiliza uma combinação exclusiva de dois comprimentos de onda que trabalha a região dos olhos, supercílios e região frontal. O tratamento oferece uma alternativa a lifting da face não cirúrgica e não invasiva que traz resultados naturais e duradouros.

Radiofrequência monopolar:
existe uma técnica em que fazemos um “c” na região dos olhos, com isso o equipamento é aplicado na região orbicular e frontal, projetando  o olhar.

Fios de PDO:
são fios de sustentação absorvíveis aplicados com agulhas específicas na região em que se deseja tracionar, deslocando levemente a extremidade externa da sobrancelha para cima, promovendo essa elevação da cauda.