Moda e Beleza

Make sem defeitos: quatro dicas para disfarças os poros com a maquiagem

Especialista explicou que os poros dilatados são muito comuns nessa época do ano (primavera e verão), principalmente para pessoas com pele oleosa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Quer uma maquiagem sem defeitos? Você precisa aprender a disfarçar os poros antes de fazer a make. De acordo com a maquiadora do estúdio Make It, Ana Carolina Koginski,
os poros dilatados são muito comuns nessa época do ano (primavera e verão), principalmente para pessoas com pele oleosa, e algumas dicas simples podem resolver o "problema".

Ana Carolina preparou um passou a passo para disfarçar os poros. Confira:

Pele com poros (Foto: divulgação)
Passo 1- Prepare muito bem a sua pele
Você precisa preparar a pele para receber a maquiagem. Faça a limpeza adequada, com sabonete específico para o seu tipo de pele, preferencialmente na água fria para não agravar o problema.

Passo 2- Tonifique e hidrate sua pele
O segundo passo também é fundamental para disfarçar os poros, uma pele tonificada e hidratada adequadamente, faz com que os poros fiquem mais discretos e ajuda a maquiagem a durar muito mais tempo.

Passo 3- Aposte em um bom primer
O primer é um produto relativamente ressente no mercado, mas vale a pena o investimento. O produto é essencial para disfarçar os poros e imperfeições, ou seja, ele dá um aspecto de pele mais lisinha e aveludada.

Passo 4- Leveza faz a diferença
Para fazer maquiagem, principalmente as mais pesadas, prefira produtos de textura leve e hidratantes. O calor e a transpiração podem obstruir os poros - causando cravos e acnes.

Além disso, produtos de textura mais leve fazem com que as linhas e poros fiquem menos marcados na maquiagem, com aspecto de pele mais natural.

Passo 5- Dica de solução

Para finalizar, a maquiadora lembra que essas dicas ajudam a disfarçá-los, mas que, uma rotina de cuidados com a pele é o mais importante para ter resultados duradouros e eficazes.

"Antes de qualquer procedimento, consulte um dermatologista para saber sobre o seu tipo de pele. Vale também buscar orientações com uma esteticista sobre os tratamentos mais indicados para solucionar o problema", aconselhou Ana Carolina.