Moda e Beleza

Pele hidratada: confira os mitos e verdades sobre à esfoliação no banho

A esfoliação é responsável por remover as células mortas e promover uma renovação celular

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A esfoliação corporal é um importante passo na rotina de cuidados com a pele. Ela é a responsável por remover as células mortas, promover uma renovação celular e trazer aquele aspecto de pele macia e viçosa. Porém, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre como realizar a esfoliação em casa e proporcionar o efeito desejado. Para auxiliar neste processo, a Lanossi Beauty & Care listou os principais mitos e verdades da esfoliação caseira. Confira:

Posso esfoliar todos os dias: Mito 

Por renovar o aspecto da pele, a esfoliação não é indicada todos os dias. É preciso que o tecido se recupere e que você respeite o ritmo do seu próprio corpo. A recomendação é que seja realizada, em média, a cada 15 dias ou a cada semana. Lembre-se: o seu dermatologista conhece a sua pele, converse com ele antes de iniciar uma rotina de esfoliação.   

Não devo esfoliar após a depilação: Verdade  

A pele fica sensível após a depilação com cera ou até mesmo lâmina e o processo da esfoliação pode ferir a derme. Não faça os dois procedimentos no mesmo dia.  

Não preciso hidratar a pele após a esfoliação: Mito 

A esfoliação elimina as células mortas da pele e retira a oleosidade, podendo causar ressecamento. Portanto, a utilização de hidratante após o procedimento é fundamental.  

Posso realizar a esfoliação em casa: Verdade 

Desde que haja o acompanhamento de dermatologistas, não existe nenhum problema ao realizar a esfoliação caseira. Com o produto da sua preferência, o processo pode ser realizado durante o banho.