Moda e Beleza

Sol, sal e cloro: os cuidados com os cabelos na estação

Especialistas ensinam como proteger as madeixas no calor

Agência O Globo
Além do sol e da radiação ultravioleta, no verão os cabelos costumam ficar ainda mais expostos ao sal e ao cloro. Com isso, os fios podem ficar quebradiços e ressecados. Para manter a saúde e a beleza dos cabelos, uma série de cuidados deve ser seguida durante a estação, ensinam especialistas no tema.
— Os raios UVB danificam a queratina dos fios, deixando-os mais frágeis e com pontas duplas. Já os raios UVA oxidam e desbotam a cor, não importa se ela é natural ou artificial — explica Vanessa Teixeira, esteticista e professora da IBMR.
Especialista do C. Kamura, Marcos Aguiar salienta que é essencial usar um bloqueio físico além dos produtos habituais: — Muitas pessoas ainda têm resistência a usar chapéu, mas tem que colocar; não adianta só usar a proteção química. Não dá para deixar o cabelo solto pegando sol. Se o rosto não pode, o cabelo também não. Uma dica é fazer uma trança.
Vanessa, no entanto, observa que o cabelo não deve ser abafado se estiver molhado. — Isso pode ocasionar queda e favorecer o surgimento de pitiríase, a caspa — diz a professora.
Para que os fios não percam o brilho e sua textura, é necessário fazer hidratações e restaurações, mantendo uma rotina de tratamento. — Deve-se fazer uma hidratação e uma reconstrução por semana; é só intercalar, mas não se pode abusar, para o fio não ficar enrijecido e opaco. Quando você perceber que o cabelo está frágil, tem que reconstruí-lo. Quando ele estiver ressacado, é o momento de nutri-lo. O salão deve ser visitado de 15 em 15 dias — diz Aguiar, dando uma dica. — É bom escolher uma boa máscara e usar por 15 minutos enquanto se toma banho.
Guilherme Becker, colorista do Fil Hair & Experience, explica que, devido ao calor, as pessoas também acabam lavando mais os fios: — O ideal é optar por bons produtos e usar xampu e máscara seguidos de um leave-in com proteção solar e filtro UV, a mesma proteção encontrada nos filtros para a pele. Além do formato em creme, os leave-in são comercializados em spray, o que facilita a aplicação. Tem que passar essa proteção no fio, porque isso ajuda a não ressacar o cabelo e faz uma blindagem que protege o cabelo do sol e da poluição.
A hairstylist Bruna Scharf, do Walter’s Coiffeur, sugere que banhos quentes sejam evitados, já que a alta temperatura da água também pode contribuir para o ressacamento e estimular a oleosidade excessiva do couro cabeludo. — Opte por água morna ou fria, já que a temperatura mais baixa é responsável por fechar as cutículas dos fios, trazendo brilho e maciez ao cabelo — diz Bruna.
Outra dica é não deixar de aparar as pontas para auxiliar no crescimento de fios mais saudáveis e fortes. — Sem esse passo a cada três meses, o cabelo produz mais pontas duplas e quebra. As pontas dos fios, mais desgastadas e antigas, ficam com as escamas capilares abertas, o que dificulta a retenção de nutrientes pela fibra capilar e gera ressecamento e fraqueza — explica a profissional.
Bruna Lennon tem o louro natural e na praia costuma passar produtos à base de camomila para clarear o tom. Quando precisa tratar dos fios, vai ao salão. — Costumo usar xampu e condicionador no banho. Fora isso, faço hidratações e nutrições para recuperar a saúde do cabelo — conta ela.
Marcos Aguiar, do C. Kamura, aproveita para cravar sua aposta para a estação. Ele diz que nesta época do ano as mulheres costumam escolher cores mais quentes e prevê que o ruivo será o must do verão: — Esse tom pede um cabelo mais na altura do ombro, mas também fica bem em cabelos curtos.