Moda e Beleza

Sutura silhouette: conheça a plástica minimamente invasiva

Já é possível obter resultados de um lifting sem incisões através do método

Redação Dino
Ao longo dos anos a produção de colágeno vai diminuindo e nosso rosto começa a apresentar sinais de flacidez. Geralmente, é quando começamos a parar na frente do espelho e levantar algumas partes do rosto imaginando como seria se ainda tivéssemos a mesma pele firme de antes e cogitar fazer pequenas mudanças no contorno do rosto.
Esta perda de colágeno começa a ficar evidente a partir dos 30 anos e pode afetar a autoestima de muitas mulheres. Por isso o procedimento da sutura Silhouette é ideal para este tipo de paciente, que busca uma melhora significativa no combate a flacidez sem precisar se submeter a uma cirurgia plástica, nem a um longo período de recuperação.

O que é
A sutura Silhouette é um fio composto de ácido polilático (PLA), um polímero conhecido e utilizado há muitos anos na medicina, completamente absorvível e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)para este fim estético desde 2013. Quando aplicado, ele ajuda a melhorar o contorno do rosto, devolver volume para a região das bochechas ou até mesmo levantar as sobrancelhas e melhorar o aspecto da pele do pescoço.

Quem pode fazer a sutura silhouette
O procedimento é indicado para todas as pessoas acima de 30 anos que já tenham notado perda de colágeno de maneira significativa no rosto e que apresentem flacidez e queiram amenizar as marcas do tempo de maneira eficaz e pouco invasiva. No entanto, é importante verificar se existe alergia ou sensibilidade a biomateriais antes de realizar o procedimento.
Como aplicar
A aplicação do Silhouette pode ser feita em consultório com anestesia local e não precisa de nenhum preparo antes do procedimento. O fio Silhouette vem acoplado a uma agulha fina que serve de guia para direcionar o fio logo abaixo da pele. Podem ser aplicados de vários fios por região, dependendo da necessidade, que será determinada pelo médico e não dura mais de 40 minutos todo o procedimento.
O médico vai remodelando e puxando o fio até conseguir obter o resultado desejado imediatamente, o que é ideal inclusive para pessoas que tem medo de se submeter a algum procedimento cirúrgico.
Resultados
O resultado da aplicação é imediato, a paciente pode realizar todas as atividades normalmente ao sair do consultório após a aplicação. Porém os benefícios no combate à flacidez da pele seguem após o procedimento. O efeito regenerativo do Silhouette ajuda na produção de colágeno, que acontece de maneira natural e gradual.
Este processo pode acontecer entre 30 e 60 dias, quando o ácido polilático começa a agir nas camadas mais profundas da pele, aumentando o volume epitelial. O fio é absorvido naturalmente pela pele, garantindo o resultado em torno de 14 meses.

Cuidados adicionais
Outros procedimentos podem ser combinados com a aplicação do Silhouette para complementar o tratamento, caso o paciente queira prevenir o aparecimento de novas rugas e estimular ainda mais a produção de colágeno.
Aplicações de substâncias preenchedoras como o ácido hialurônico, a toxina botulínica e o microagulhamento para absorção de vitamina C pela pele ajudam a manter o aspecto da pele mais firme e agem como prevenção para que numa próxima aplicação de Silhouette o efeito seja ainda mais potente.
Mesmo sendo um procedimento simples de rejuvenescimento facial, é importante ressaltar que é necessário encontrar um médico preparado, que conheça técnicas de ponta e tenha acesso às melhores tecnologias para realizar a aplicação.
Um espaço apropriado e principalmente, produtos certificados dentro das normas exigidas para a execução de pequenos procedimentos como este é fundamental a fim de evitar complicações e garantir que os resultados serão satisfatórios.