Moda e Beleza

Vai descolorir o cabelo? Especialista dá quatro dicas para evitar danos na hora da química

Não lavar os fios 24h antes do procedimento químico pode ajudar a preservar a saúde do cabelo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Se você decidiu optar por uma mudança no visual que altera a cor dos fios, confira quatro passos que podem amenizar o impacto da química. As dicas foram elencadas pela médica dermatologista e tricologista (especialista em cabelos), Alessandra Juliano.

Foto: reprodução
1- Antes de começar o procedimento, certifique-se com o profissional que irá realizar o processo se a haste capilar (fio) não tem nenhum dano que possa causar a ruptura durante o processo, e que ela conseguirá resistir a descoloração. Neste momento é indicado realizar o teste de mecha - onde uma pequena mecha do cabelo é submetida à química para ver como será a reação no fio.

2- No dia em que estiver marcada a química, o ideal é que o cabelo esteja sem lavar por no mínimo 24h. “O próprio sebo do couro cabeludo protege o estresse oxidativo da raiz capilar, funcionando assim como um barreira para a penetração do produto químico no couro cabeludo”, explica a dermatologista.

3-
Durante o procedimento respeite o tempo de ação da química. O profissional deve fiscalizar de acordo com os diferentes tipos de cabelos, finos, médios e grossos. A cor natural do fio também é considerada um fator determinante do tempo de ação dos produtos.

4- Finalizado o procedimento é muito importante a lavagem completa dos fios para remover todo o excesso de química do que foi feito no cabelo. Passe shampoo ao menos duas vezes no couro cabeludo.