Moda e Beleza

Yasmin Brunet conta que detesta ir para a academia e não descarta se tornar vegana

Vegetariana, modelo diz que corre, faz dança e ioga para manter a forma

Agência O Globo
A genética ajuda, claro, mas Yasmin Brunet revela que, para manter o corpaço que faz sucesso nas campanhas de moda e nas redes sociais luta para deixar a preguiça de lado e seguir para a academia. Ela, que acabou de posar para o verão 2018 da grife MY.f.t. em Nova York, onde posou com um tubinho coladíssimo, revela que sempre detestou malhar:
- Eu odiava fazer exercício físico, detestava mesmo ir na academia. Mas eu percebi que uma vez que você cria uma rotina você começa a viciar nisso. Agora eu gosto de me movimentar em geral e dou preferência por atividades que não tenham muita cara de academia. Eu amo dança, eu acho que é um exercício físico que todas as mulheres deveriam fazer. É algo que movimenta muita energia, é bem místico e eu acho que nós mulheres temos muito disso dentro da gente.

Além da dança, Yasmin conta que apela para a corrida como atividade de gasto calórico e que faz ioga para relaxar a mente: - De vez em quando, eu também corro. É um exercício que limpa a mente e você fica com total foco no seu corpo. Ioga também é bom para encontrar um equilíbrio geral, e meditar é um esporte do cérebro, são exercícios que ajudam corpo e mente onde você se conecta realmente com o seu corpo.
Defensora dos animais (ela já participou de diversas campanhas de adoção e proteção dos bichos), Yasmin é vegetariana e não descarta se tornar vegana (que não consome nenhum produto de origem animal) um dia: - Ainda não consegui virar vegana porque isso envolve vários aspectos da sua vida, não é apenas alimentação. Eu realizei essa escolha por amor aos animais.