Moda e Beleza

Zero arrependimento: saiba como acertar na compra de roupas e acessórios

O primeiro passo é entender que nem todas as peças lindas da vitrine vão combinar com você

Lívia Oliveira (livia.oliveira@redebahia.com.br )
- Atualizada em

Vive com a sensação de que não tem roupa quando precisa sair, mas o armário está lotado? Calma, você só precisa aprender a ser mais assertiva na hora de ir às compras. Para te ajudar nesta missão, o iBahia conversou com a consulta de imagem e estilo Priscilla Arthuso e reuniu dicas valiosas para evitar desperdício e arrependimentos com as compras. 

O primeiro passo é entender que nem todas as peças lindas da vitrine vão combinar com você e que não é preciso trocar o armário constantemente para acompanhar as tendências. Sabendo isso, acompanhe o guia da compra certeira ensinado pela especialista.  

Priscilla Arthuso exemplifica uso de cores quentes e frias em diferentes ocasiões (Foto: arquivo pessoal)

1- Arrumação é tudo

"Antes de ir às compras, a primeira coisa que as pessoas devem fazer é organizar o guarda roupa setorizando por peças - calças, shorts, saia, blusas, etc. Depois, organize por cor cada setor. Dessa forma, você vai conhecer todas as peças que possui e conseguirá comprar o que realmente precisa", pontua. 

2- Compre com consciência 

Na (s) loja (s), você precisa ter noção do seu estilo pessoal e lembrar das peças que já tem e das que realmente precisa. "Uma alternativa é ir com uma lista de compras, tipo a que fazemos para ir ao supermercado, e não comprar nada que esteja fora dos itens mencionados", acrescenta. Além disso, Priscilla Arthuso aconselha a não comprar apenas porque a peça está em promoção. 

3- Seu guarda-roupa não precisa ter de tudo 

Para arrasar nas montagens dos looks, você não precisa ter roupas de todas as cores. "O ideal é ter roupas de cores neutras que combinem com tudo. Por exemplo, se você tem camisa branca, calça preta ou jeans, blazer preto ou branco e vestido preto é possível montar looks com qualquer acessório e combinar com outras peças mais 'coloridas do seu armário'".

Caso você tem cansado de usar roupas neutras e quer investir em cores, a consultora indica começar pelos acessórios coloridos, pois eles servem como ponto de luz no look e deixam as combinações mais criativas. 

4- Tem cores que valorizam mais o corpo 

Priscilla Arthuso explica que com uma análise de coloração pessoal, que devem ser realizada por um especialista, é possível saber as cores mais adequadas para cada pessoa. Para quem deseja começar a entender sobre o assunto, a consultora separou algumas dicas: "Existem dois subtons de pele, o amarelado e o rosado - o amarelo é quente e o rosado é frio. Depois que você identifica isso, você pode consultar uma cartela de cores na internet e ver as que combinam com seu subtom", aconselha. 

Dica extra: roupas escuras afinam mais o corpo e as claras alargam e estampas  grande alargam e estampas pequenas achatam. 

5- É preciso de estratégia para escolher os sapatos 

É interessante escolher sapatos que combinem para todas as situações. "Vale ter scarpin (nude), sapatilha preta, rasteira, tênis casual branco, salto (salto fino ou grosso, dependendo da sua habilidade com salto alto) e tênis esportivo. Um de cada modelo", indica.

6- Os acessórios certos dão um up no visual 

Você precisa identificar o que mais gosta de usar, dourado ou prata. Depois, Priscila explica que vale ter no armário colar mais delicado, brinco pequeno e anéis finos para usar no dia a dia. Já para estilizar nos passeios ter brinco e colares maiores, anéis com mais detalhes e mix de pulseira. 



Fonte: Priscilla Arthuso é formada em design de moda e pós-graduada em consultoria de imagem e estilo. Ela trabalha há cinco anos com consultoria pessoal e para empresas do ramo da moda. Ela compartilha dicas de moda em seu perfil no Instagram.