Mundo

Adolescente morre após sofrer convulsão por uso excessivo de tablet

Jovem sofria processos de "mini-convulsões" nos três anos antes da morte

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma adolescente de 13 anos morreu após sofrer uma grave convulsão enquanto dormia na própria casa, na cidade de Melbourne, na Austrália. Os médicos acreditam que o processo foi desencadeado pelo uso excessivo de iPad e as poucas horas de sono. As informações são do jornal Mirror.

Lucia Berghella sofria "mini convulsões" nos últimos três anos, e no dia 29 de março desse ano, teve uma crise mais grave. Ela foi levada para o hospital e liberada duas horas depois, sem nenhum tipo de exame realizado e demonstrando palidez. Uma semana depois, ela faleceu.

Não se pôde constatar em vida se a garota tinha epilepsia. Uma neurologista teria classificado a morte como Morte Súbita Inesperada em Epilepsia (SUDEP), após os legistas não identificarem a causa da morte, o que gerou indignação da mãe da vítima.