Mundo

Após traição, mulher dá à luz gêmeos de pais diferentes

Inicialmente, a mãe negou a traição e alegou que o exame de paternidade estava errado ou que o marido o havia adulterado

Agência O Globo
- Atualizada em

Uma mulher na China deu à luz gêmeos de pais diferentes. A mãe acabou confessando ter feito sexo com outro homem, após o marido levantar a possibilidade, já que um dos meninos não se parecia com ele.


O exame de DNA para o registro dos bebês - que é obrigatório na China - mostrou que os gêmeos têm pais diferentes, contou o "Strait Herald". O episódio raro é conhecido como superfecundação heteropaternal, que é a fecundação de dois ou mais óvulos em um curto período de tempo e por homens diferentes. Nesse caso, as relações sexuais com homens diferentes ocorrem em um breve espaço de tempo (horas ou entre dois e cinco dias de diferença).

O caso ocorreu na cidade de Xiamen, no ano passado, mas os detalhes só foram revelados agora. Inicialmente, a chinesa negou a traição e alegou que o exame de paternidade estava errado ou que o marido o havia adulterado. Depois, pressionada, confessou ter feito sexo com o pai do outro bebê na mesma noite que o conhecera. O marido, identificado apenas como Xiaolong, não aceita criar o outro bebê. Não foi informado se o casal ainda está junto.