Mundo

Ator de 'Homem de Ferro' é preso por vender 'cura' para coronavírus

Ele estaria vendendo medicamentos que curariam os que já estão doentes e também evitariam que pessoas saudáveis fossem contaminadas

Agência O Globo
O ator americano Keith Middlebrook, famoso por suas participações em filmes como "Homem de ferro 3" e "Jogada de risco", foi pelo FBI preso na quarta-feira, dia 25, por vender pílulas que supostamente curam o Covid-19. Ele estaria vendendo medicamentos que curaria os que já estão doentes e também evitaria que pessoas saudáveis fossem contaminadas.
Foto: reprodução
Segundo sites internacionais, o ator, de 53 anos, foi preso em flagrante, quando tentou entregar as pílulas a um agente do FBI que se passava por um investidor. A agência norte-americana descobriu que ele vinha tentando obter fundos com investidores em potenciais para a empresa criada por ele, a Quantum Prevention CV. Ele tentava atrair as pessoas prometendo ganhos de 200 a 300% para cada milhão de dólares investidos, usando ainda o nome do ex-jogador de basquete Magic Johnson's.
Após a prisão, Keith Middlebook foi indiciado por fraude e, se for condenado, pode pegar até 20 anos de cadeia.