Mundo

Ator pornô pode pegar pena de 330 anos de prisão por crimes sexuais

Crimes teriam acontecido em diversos anos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O ator e diretor Ron Jeremy, que trabalha na indústria pornô americana, é acusado de diversos crimes sexuais, estupros e agressões, durante períodos distintos. A pena dele pode chegar a 330 anos, se condenado em todos os casos.

Jeremy foi acusado em junho de estuprar três mulheres e agredir sexualmente uma quarta. Além disso, ele foi acusado de outros sete crimes sexuais. Segundo o UOL, catorze casos foram negados pela justiça de Los Angeles por estarem fora do prazo de prescrição. Já outros seis foram aceitos, que aconteceram entre 2000 e 2013.

Detido desde junho, ele não pôde pagar a fiança de mais ou menos 6,6 milhões de dólares (R$ 38 mi). À época, ele chegou a se defender no Twitter das acusações. "Sou inocente de todas as acusações. Mal posso esperar para provar minha inocência no tribunal! Obrigado a todos pelo apoio".